União Europeia: empresas tech devem entregar dados armazenados no exterior em investigações

União Europeia: empresas tech devem entregar dados armazenados no exterior em investigações

Para a União Europeia empresas como Apple, Google e Microsoft, entre outras devem ser obrigadas a fornecer dados para investigações realizadas no território europeu, não importando em que lugar do mundo estejam armazenadas.

Projeto de Lei do Senado Federal propõe a regulamentação dos eSports no Brasil

Projeto de Lei do Senado Federal propõe a regulamentação dos eSports no Brasil

Projeto de Lei do Senado propõe regulamentar os eSports como prática desportiva no Brasil, reconhecendo jogadores profissionais como atletas; medida divide opiniões.

Rumor — AT&T terá que vender a Turner ou a DirecTV para ficar com a Warner

Rumor — AT&T terá que vender a Turner ou a DirecTV para ficar com a Warner

AT&T pode vir a fazer uma dura escolha para concluir a aquisição da Time Warner: vender a Turner Broadcasting, que possui os canais TBS, CNN, Cartoon Network e Adult Swim ou a DirecTV, o que complicaria planos para distribuição de conteúdo.

MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto

MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto

Ministério da Cultura não pretende num primeiro momento exigir cotas de conteúdo nacional de serviços de VOD como Netflix e afins; intenção de cobrar CONDECINE em cima do faturamento (e não mais por título) permanece.

União Europeia quer que fabricantes não dificultem reparos de dispositivos

União Europeia quer que fabricantes não dificultem reparos de dispositivos

Parlamento europeu pretende forçar fabricantes de dispositivos eletrônicos para que lancem produtos mais robustos e fáceis de serem reparados; consumidor deve ter o direito de decidir como consertar seu gadget.

Propostas da ANCINE para o streaming no Brasil incluem regulação, tributação e cotas

Propostas da ANCINE para o streaming no Brasil incluem regulação, tributação e cotas

ANCINE apresenta proposta de regulação do mercado de streaming no Brasil: sugestões incluem cotas de 20% de conteúdo nacional e recolhimento progressivo da CONDECINE inclusive do YouTube, que também passará a ser responsabilizado pelo conteúdo postado.