MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto
set05

MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto

Ministério da Cultura não pretende num primeiro momento exigir cotas de conteúdo nacional de serviços de VOD como Netflix e afins; intenção de cobrar CONDECINE em cima do faturamento (e não mais por título) permanece.

Continuar Lendo...
Propostas da ANCINE para o streaming no Brasil incluem regulação, tributação e cotas
maio17

Propostas da ANCINE para o streaming no Brasil incluem regulação, tributação e cotas

ANCINE apresenta proposta de regulação do mercado de streaming no Brasil: sugestões incluem cotas de 20% de conteúdo nacional e recolhimento progressivo da CONDECINE inclusive do YouTube, que também passará a ser responsabilizado pelo conteúdo postado.

Continuar Lendo...
ANCINE da Europa também quer meter a mão e estragar a Netflix
maio25

ANCINE da Europa também quer meter a mão e estragar a Netflix

A União Européia conseguiu superar a ANCINE, que quer cotas na Netflix.
O pessoal do outro lado da poça quer simplesmente exigir que além de ter 20% de material local a Netflix terá que PRODUZIR material local.

Continuar Lendo...
Mensalidade do Netflix vai mesmo aumentar e não é só no Brasil
abr22

Mensalidade do Netflix vai mesmo aumentar e não é só no Brasil

Ao divulgar os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2014, o CEO do Netflix Reed Hastings avisou que a mensalidade do serviço de streaming subirá de um a dois dólares em todo o mundo.
Você continuaria assinando o Netflix se tiver de pagar R$ 21,90 mensais?

Continuar Lendo...
Paulo Bernardo defende que empresas de internet paguem mais impostos
abr03

Paulo Bernardo defende que empresas de internet paguem mais impostos

Prepare seu bolso: ministro Paulo Bernardo defende que empresas como Apple, Google, Facebook e Netflix devem pagar mais impostos à nação.

Continuar Lendo...
Sem muita surpresa, Receita Federal vai morder empresas estrangeiras de internet
ago22

Sem muita surpresa, Receita Federal vai morder empresas estrangeiras de internet

O leão continua com fome: Receita Federal vai aumentar a carga tributária de empresas de internet como Netflix, Google, Facebook e Apple. Adivinha quem pagar a conta?

Continuar Lendo...