Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Seis games clássicos do Mega Man estão a caminho da eShop do 3DS

Por em 1 de abril de 2014

mega-man-5-game-boy

Já que a Capcom não quer mais saber de lançar novos jogos do Mega Man (aliás, os 25 anos do robozinho passaram completamente em branco, contrariando promessas anteriores), a solução encontrada por ela foi lucrar alguns trocados em títulos antigos. O grande porém é que mesmo com o Nintendo 3DS dando suporte a títulos clássicos do NES e Game Boy (segundo a Natsume títulos do Game Boy Advance ainda estão por vir) e até mesmo do Game Gear, a empresa não se animou por muito tempo e portou apenas os seis títulos originais do Nintendinho, além de Mega Man: Dr. Wily’s Revenge do Game Boy (série que no Japão é conhecida como Rockman World, até para a nomenclatura não confundir os consumidores).

continue lendo

emPortáteis

Reinado de Iwata na Nintendo pode estar chegando ao fim

Por em 1 de abril de 2014

satoru-iwata

Muitas pessoas defendem a ideia de que Satoru Iwata foi o principal responsável por mudar bastante a maneira como a Nintendo é vista e se um artigo publicado pelo jornal Nikkei estiver correto, existe uma boa chance de que o presidente da companhia japonesa seja substituído nos próximos meses.

Com uma reunião para acionistas marcada para junho, onde os membros do conselho da empresa decidirão se o executivo deve ser reeleito ou mantido no cargo, a situação de Iwata pode ser considerada preocupante, já que o seu índice de aprovação interna caiu de 92,89% para 77,26%.

É verdade que a parcela de diretores que apoiam o sucessor de Hiroshi Yamauchi ainda é bastante considerável, mas não há como ignorar uma queda tão significativa e o pior para Iwata é que essa rejeição poderá aumentar nas próximas semanas, quando a empresa deverá divulgar o terceiro ano seguido de prejuízos.

Segundo a matéria, os investidores tem exigido que a BigN diversifique seus produtos, como por exemplo o lançamento de um parque temático no Japão, algo que foi cogitado há alguns anos e embora o jornal afirme que o plano ainda esteja sendo executado, a falta de novidades pode ser o indício de que ele foi temporariamente interrompido.

Além disso, existem os investidores que defendem uma investida da empresa no mercado mobile, o que continua sendo negado por parte da Nintendo, mas será que essa postura será mantida no caso de Satoru Iwata ser substituído? Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

Fonte: Siliconera.

emIndústria Nintendo

Criadores cogitam lançar o Bravely Default em outras plataformas

Por em 26 de março de 2014

Bravely-Default

Algumas pessoas não entendem quando digo isso, mas eu não sou contra os jogos exclusivos. Muitas vezes isso é necessário para que um estúdio consiga o financiamento do projeto e da parte das fabricantes, é sempre bom ter um título que só será lançado para seu videogame. Contudo, eu também lamento muito quando algo que eu adoraria jogar sai apenas para um aparelho que não possuo.

O caso mais recente neste sentido foi o Bravely Default. Desenvolvido pela Silicon Studio em conjunto com a Square Enix e tendo aparecido apenas no 3DS, o RPG tem sido extremamente elogiado por quase todos que tiveram a oportunidade de jogá-lo e para muitos, ele representa o caminho que a série Final Fantasy deveria ter seguido.

A boa notícia para quem não possui o portátil da Nintendo é que o estúdio não descarta a possibilidade dele migrar para outras plataformas, o que seria bom também para os criadores, já que as vendas poderiam aumentar consideravelmente.

Poderemos expandir no futuro, mas não temos um plano claro ainda. Estamos conversando sobre isso, talvez usar outros dispositivos, mas não temos um plano por enquanto,” afirmou Takehiko Terada, presidente da Silicon Studio, que vale dizer, é uma das empresas que já está trabalhando com o Project Morpheus, da Sony.

O executivo falou também sobre os outros projetos da desenvolvedora, quando esperam poder criar algo mais realista, possivelmente através de outra parceria com a Square, mas para mim, o que eu realmente gostaria de ver era esse Bravely Default em outras plataformas. O problema é que embora o Vita pareça a escolha óbvia, meu medo é que eles resolvam lançar o jogo para tablets e smartphones e se for isso o que irá acontecer, melhor deixar como está.

Fonte: CVG.

emNintendo Portáteis

Será a Engine Unity capaz de melhorar a situação da Nintendo?

Por em 24 de março de 2014

wii-u

Alguns gostam de dizer que o problema está no preço, outros criticam a parte técnica do console, mas para mim, o que tem influenciado no fraco desempenho comercial do Wii U é a falta de jogos e se você acha que mais lançamentos poderiam lhe convencer a investir no videogame, saiba que esse cenário (em partes) poderá começar a mudar em breve.

Quem deu a boa notícia foi Damon Baker, gerente geral de Marketing do departamento de licenciamento da Nintendo of America, que revelou que 17 jogos feitos com a engine Unity deverão ser lançados ainda nos próximos dois meses e além desses, existem outros 50 jogos previsto para chegarem depois.

Para que você tenha uma ideia do quão disposta a conquistar os indies a fabricante está, sempre que um desenvolvedor adquire um kit de desenvolvimento do console ele ganha acesso gratuito a Unity, o que evidentemente facilita muito o trabalho de conversão pra quem já lançou suas criações em outras plataformas e por isso tantos jogos estão em produção.

continue lendo

emIndústria Nintendo

Sony: “gostaríamos de ter um portátil como o Nintendo 3DS, mas ao menos nosso PS4 é líder”

Por em 16 de março de 2014
Laguna_Killzone_PS4

Oitava geração, uma verdadeira Killzone (Crédito: Polygon)

Parece que a Microsoft ganhou força nos Estados Unidos: se em janeiro o XBox One vendeu metade do número de consoles PlayStation 4 vendidos naquele mercado, ao menos em fevereiro a lacuna foi bem menor. Segundo a própria Microsoft, o console de 8ª geração dela vendeu o equivalente a 90% do que o principal console Sony conseguiu vender nos Estados Unidos.

Se a Microsoft afirma que conseguiu vender 258 mil unidades do XBO nos Estados Unidos em fevereiro, podemos calcular que o PS4 vendeu 285 mil consoles em tal disputado mercado. O pessoal do NPD observou que devido à diferença de preço, o console da Microsoft lucrou mais que o da Sony, ou seja, a receita do XBox One foi maior que a do PlayStation 4.

A Microsoft acha que a pré-venda de Titanfall e do bundle correspondente foram algumas das razões desse sucesso comercial dela. Na lanterninha da oitava geração, a plataforma Wii U vendeu pouco mais de 80 mil consoles. Se considerarmos as vendas totais mundiais, o PS4 lidera com base instalada de 6 milhões de consoles, contra 5,5 milhões do Nintendo Wii U e 3,9 milhões de XBO.

Ao considerarmos que tanto o PS4 quanto o XBox One foram lançados em novembro e o Wii U já tinha um ano de estrada, podemos prever que o PlayStation 4 vai liderar a oitava geração de consoles seguido de perto pelo XBox One. Em lugares como o Canadá, a procura pelo console da Sony tem sido tanta que lojistas cogitam aumentar o preço do PS4 para manter os estoques. Lei da oferta e da procura. Mesmo com esse maldito capitalismo, ainda há esperança para a Nintendo?
continue lendo

emDestaques Hardware Microsoft Nintendo Sony

Aos donos de 3DS: vocês já baixaram seu Pokémon X/Y gratuito hoje?

Por em 4 de março de 2014

Laguna_Pokemon_XY_offer

Que tal brincar o Carnaval com um bom jogo novo e totalmente* de graça?

Se você é dono de um Nintendo 2DS ou 3DS (XL) e comprou recentemente um dos jogos da Nintendo para o portátil em mídia física, o Club Nintendo está oferecendo na faixa um código para download do Pokémon X ou Pokémon Y. Basta registrar o console e um dos seis jogos elegíveis com o código do Club Nintendo que vem num encarte dentro da caixa do cartucho.

Como o Club Nintendo é voltado somente para residentes dos Estados Unidos e Canadá, então você terá de registrar um endereço válido em algum desses países, mas o código para download é válido para o eShop brasileiro sem problemas. O tio Laguna aqui se registrou no Club Nintendo e deu tudo certo, só espero que o meu 3DS XL baixe Pokémon X antes da quarta-feira de cinzas! :)

Tal promoção valerá apenas durante o presente mês, então tanto o console quanto o jogo têm de ser registrados no Club Nintendo até o dia 31 de março. Nem antes nem depois. Ao registrar o console e o jogo, você participará de uma pesquisa da Nintendo, ganhará moedas para receber outros brindes e, após responder a todos os requisitos, receberá o código para download de um desses dois recentes jogos da franquia Pokémon para o Nintendo 3DS.

Fiquem com o vídeo abaixo e a lista dos jogos que garantirão seu novo jogo da sexta geração de Pokémon:
continue lendo

emNintendo

E a Nintendo se rende aos Free-to-Play

Por em 14 de fevereiro de 2014

Rustys-Real-Deal-Baseball

Assim como boa parte das empresas ligadas a videogames, a Nintendo revelou que também se arriscará pelo ramo de jogos gratuitos, mas antes que você comece a soltar fogos de alegria achando que logo teremos acesso a um Super Mario F2P ou um Pokémon Freemium, aviso que é bom não se empolgar muito.

Durante uma conferência realizada pela internet, os japoneses confirmaram algo que vinha sendo especulado desde o ano passado, que era a possibilidade da BigN lançar para o 3DS um Free-to-Play baseado na série Steel Diver e com o novo título já estando disponível no eShop, agora sabemos que se trata de um jogo onde teremos acesso a dois submarinos, sete missões single-player e ao multiplayer, tanto local quanto online. Porém, os endinheirados poderão adquirir a versão premium do Steel Diver: Sub Wars, onde terão acesso a embarcações mais poderosas, opções de customizações e a adquirir mais submarinos.

Na mesma ocasião foi revelada também uma coletânea de mini-games chamada Rusty’s Real Deal Baseball. Distribuído da mesma maneira, trata-se basicamente de uma versão demonstrativa que nos dará acesso a apenas seis estágios, obrigando o jogador a comprar outros cartuchos para seus “Nontendo 4DS”.

Bizarramente japonês, neste título conheceremos um cachorro que foi deixado pela mulher e com quem conversaremos para comprar novos joguinhos. Como o personagem tem 10 filhotes para sustentar, o preço cobrado por cada pacote de mini-games será de salgados US$ 4, mas é aí que entra a grande sacada, pois poderemos convencê-lo a baixar este valor. Os impacientes perderão dinheiro e/ou provavelmente reclamarão muito da estratégia, mas gostei da maneira como a Nintendo fez piada com a própria desgraça.

Particularmente tenho minhas dúvidas se os títulos escolhidos foram os melhores ou mesmo se o modelo imposto por eles não está mais para um shareware disfarçado de Free-to-Play, mas acho justo dar um crédito à Nintendo, pois só agora ela está entrando na dança e acredito que com esses jogos a empresa pode estar apenas testando o terreno.

continue lendo

emNintendo Portáteis