Gradiente tem marca “iphone” bloqueada, que pode ir a leilão. Motivo? Quase um milhão deles [UPDATE]

Pague o aluguel! Quer dizer, a dívida!

Vamos ser rápidos para não perder tempo: os links relativos à história inteira estão aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e por fim, aqui também.

No capítulo anterior vimos que Apple e Gradiente haviam entrado num acordo para encerrar os processo mútuos que mantinham uma contra a outra na disputa pela marca “iphone”, que a Gradiente registrou há muitos anos atrás e numa jogada esperta, lançou um produto antes de perder o registro e processou a maçã para arrancar dinheiro. Se é certo ou não o que ela fez são outros quinhentos, já que quem detém a marca tem direito a negociá-la.

Ou melhor, detinha. Conforme apurado pelo site Olhar Digital, o INPI publicou o despacho de uma decisão da 27ª Vara Cível da Comarca de São Paulo, em que a marca fica bloqueada devido a uma dívida de R$ 947 mil que a IGB Eletrônica (antiga Gradiente) tem com o Banco do Brasil. O processo todo pode ser consultado aqui, mas em todo caso segue a imagem:

processo1

Detalhe para a caixa que surge ao apontar para a última alteração, com data de ontem:

processo2

Como marcas são consideradas bens no Brasil, ela ficará congelada (mas ainda pertence à empresa) até que a Gradiente pague o que deve ou, se não houver acordo, ela irá a leilão. Não há a possibilidade dela ir diretamente para as mãos da Apple, que já possui o registro para outros tipos de produtos. Entretanto é uma alternativa que poderá sair mais barato do que o valor que a IGB poderia pedir. Isso claro, se ela não achar que o nome iphone é seu por direito e não pagar e deixar outra empresa comprar, nunca se sabe.

Enfim, não perca o próximo capítulo! :)

UPDATE às 19:55 – conforme informado pelo leitor João Sogabe, a Gradiente conseguiu um efeito suspensivo que anula o bloqueio da marca, portanto ela pode continuar utilizando o nome iphone até que que o agravo seja julgado.

processo3

Fonte: Olhar Digital.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Editor do MeioBit, membro da equipe #SciCast, técnico freelancer, programador frustrado, Mighty No. 34.185 e em busca do Cubo Cósmico.

Compartilhar
  • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

    Fico imaginando o leilão: “aqui temos a marca ‘iphone’, único dono e pouco uso”. :) 😀

  • jaosogabe

    Como advogado, fui checar o processo e a Gradiente conseguiu um efeito suspensivo em Agravo de Instrumento que cancela o ofício de arresto/penhora expedido ao INPI, assim sendo, até o julgamento do Agravo a marca é da Gradiente e ela pode negociar livremente. Se quiserem posso enviar o .pdf da decisão e do ofício enviados.

    • http://twitter.com/Cyber_Ramses/ Ronaldo Gogoni

      Opa, por favor! :)

      • jaosogabe

        Me passa pra qual e-mail posso enviar!

        • http://twitter.com/Cyber_Ramses/ Ronaldo Gogoni

          Manda para -XXX- recebido, valeu. :)

          • jaosogabe

            Enviado!

          • jaosogabe

            Suspensório não, suspensivo…

          • http://twitter.com/Cyber_Ramses/ Ronaldo Gogoni

            OOops… corrigido. :)

  • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

    Já pensou, se a marca vai mesmo a leilão e OUTRA empresa que não a Apple leva? Que é que isso iria configurar? 😀

    • http://twitter.com/Cyber_Ramses/ Ronaldo Gogoni

      Configuraria “cochilou, o cachimbo caiu”! :)

    • Luiz Felipe

      Existe uma palavra para isso, ah é, trouxa.

  • Marcus

    Efeito suspensório…esse é o efeito para q as calças não caiam???rsrs
    Brincadeira…só pra vc saber, o certo é efeito suspensivo.

  • http://www.facebook.com/maisteryoda Bruno Augusto

    Se vai a leilão…. seria engraçado se a Google arrematasse só de trollagem….

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100004481977590 Marco Santos

    O zona…

  • http://twitter.com/maxmousee Natan Facchin

    Cara, essa imagem ficou MUITO COERENTE.
    AHHAHAHAHAHAHA

  • http://www.crashcomputer.tk/ Gradius

    Nunca, mas nunca uma imagem sintetizou tão um texto, como essa! Nota 11!

  • Pingback: Juiz decide que Gradiente não pode impedir a Apple de utilizar a marca "iphone" no Brasil()