Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Pilotos de drones: cuidado para não serem atacados na rua

Por em 10 de junho de 2014 - 15 Comentários

drone

Nós por aqui adoramos as novas opções de drones no mercado, dos mais poderosos aos minúsculos, de modelos que transformam outros em zumbis a entregadores de cervejas. Entretanto tem muita gente que não gosta deles, os veem como instrumentos próprios para vigilância e espionagem, pessoas essas que estão mais preocupadas com o que vem de cima enquanto compartilham seus dados pessoais no Facebook.

Depois de uma cidade do Colorado oferecer uma recompensa por cada drone abatido, agora os operadores correr o risco de serem agredidos nas ruas.

continue lendo

emComputação móvel Destaques Fotografia Hardware Internet Mundo Estranho Planeta Sem Fio Segurança Web 2.0

Senador critica associação que culpou os games por massacre

Por em 24 de dezembro de 2012 - 24 Comentários

dori_usa_24.12.12

Mais de uma semana se passou desde que a pequena comunidade de Newtown foi atingida pela tragédia na escola Sandy Hook e muitas pessoas ainda tentam entender o que levou Adam Lanza a matar 27 pessoas e depois tirar a própria vida.

Apesar de esta não ter sido a primeira vez nos últimos anos em que tal proposta tenha sido feita, muitos acham que o massacre deva servir de inspiração para que as armas de grosso calibre sejam proibidas nos Estados Unidos. A pressão logo fez com que a Associação Nacional de Rifles (NRA na sigla em inglês) se pronunciasse e como era de se esperar, eles jogaram a culpa em outras indústria.

Além de citar filmes como Psicopata Americano e Assassinos por Natureza, além de até mesmo músicas, Wayne LaPierre, CEO e vice-presidente da associação, disse que há nos EUA uma “insensível e corrupta indústria sombria que vende e semeia a violência contra as pessoas através de jogos violentos, como Bulletstorm, Grand Theft Auto, Mortal Kombat e Splatterhouse.” Por fim, ele questionou porque os americanos protegem seus bancos e prédios civis com guardas armados, mas não suas escolas, sugerindo que a facilidade encontrada pelos atiradores é o motivo dessas chacinas acontecerem.

continue lendo

emMiscelâneas Segurança

Síndrome de Asperger ou Call of Duty: o que teria causado o massacre em Connecticut?

Por em 21 de dezembro de 2012 - 127 Comentários

Recentemente todos nós, nos chocamos com a notícia do massacre em Connecticut. Cerca de 20 crianças e 6 adultos foram assassinados por um deficiente mental (ele era). Sem contar na mãe do assassino que foi morta em sua residência. O G1 reportou que o assassino tinha Síndrome de Asperger. A pergunta é: será que era somente Asperger?

A Síndrome de Asperger é caracterizada como sendo uma síndrome do aspecto autista. As características de uma pessoa com Asperger são: dificuldade de interação social, dificuldades em expressar e processar emoções, interpretação muito literal da linguagem, dificuldade com alterações na rotina e comportamentos estereotipados.

Pelo que eu saiba, tal síndrome não é caracterizada por violência e isso foi bastante noticiado nos sites no mundo afora: no HechosdeHoy temos a manchete “El Síndrome de Asperger niega violencia y no causó la massacre de Newtown” e no MinnPost lemos “With Asperger’s syndrome, ‘violence is not something we expect,’ expert says”, por exemplo.

Enfim, se você buscar no Google verá que não existe qualquer ligação entre Asperger e Violência. Ou seja, a causa não foi a síndrome do Asperger. Ainda no mesmo artigo o G1 tenta colocar em evidência outra possível causa que gerou tal violência: Call of Duty.
continue lendo

emCiência Miscelâneas