MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto
set05

MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto

Ministério da Cultura não pretende num primeiro momento exigir cotas de conteúdo nacional de serviços de VOD como Netflix e afins; intenção de cobrar CONDECINE em cima do faturamento (e não mais por título) permanece.

Continuar Lendo...
Propostas da ANCINE para o streaming no Brasil incluem regulação, tributação e cotas
maio17

Propostas da ANCINE para o streaming no Brasil incluem regulação, tributação e cotas

ANCINE apresenta proposta de regulação do mercado de streaming no Brasil: sugestões incluem cotas de 20% de conteúdo nacional e recolhimento progressivo da CONDECINE inclusive do YouTube, que também passará a ser responsabilizado pelo conteúdo postado.

Continuar Lendo...