Home » Mercado » Samsung rouba da Motorola título de Nazista do Android e diz: NO UPGRADE FOR YOU!

Samsung rouba da Motorola título de Nazista do Android e diz: NO UPGRADE FOR YOU!

8 anos atrás

soupnazi

Lembram quando a Motorola avisou que não soltaria atualização para vários celulares Android vendidos no Brasil, inclusive o Dext, com menos de um ano de lançados? O pessoal xingou tanto no Twitter que mudaram de idéia, soltaram um calaboca pro Milestone, prometeram pros outros e no final desistiram, deixando os otários que compraram o Dext chupando dedo?

Agora é a vez da Samsung, colaborando para detonar a imagem do Android junto aos consumidores.

Seguindo a linha de que pós-venda significa dizer pro consumidor “SE [email protected]&@* AÍ”, avisaram que nem o insanamente popular celular Galaxy S nem o tablet Galaxy Tab receberão o Android Ice Cream Sandwich.

A desculpa é que o hardware não comporta, sabe como é, aparelhos muito velhos, blá blá blá.

O problema é que os consumidores não consideram esses aparelhos tão descartáveis quanto os fabricantes. Tirando os macfags mais inveterados, usuários normais não trocam de tablet ou celular todo ano.

A falta de respeito dos fabricantes de equipamentos Android está vergonhosa, e só tende a piorar.

O Galaxy S foi lançado em Março de 2010, com respeitáveis 1GHz de clock e 512MB de RAM. O Galaxy Tab foi lançado em Setembro de 2010, com o mesmo clock e RAM.

Ambos são considerados obsoletos pela Samsung.

Já o iPad foi lançado em JANEIRO de 2010, com uma CPU A4 de 1GHz e pífios 256MB de RAM.Mesmo assim o iPad 1 roda a última versão do iOS e ainda tem pelo menos mais um ano de atualizações garantidas.

Pior ainda: O iPhone 3GS, com 256MB de RAM e clock de 600MHz, lançado em Junho de 2009 TAMBÉM recebeu a versão mais atual do iOS.

Gostaria de entender a lógica dos haters em afirmar que os produtos da Apple são descartáveis. O que vemos aqui é um profundo respeito pelo usuário, ao suportar um aparelho de 2,6 anos, enquanto a concorrência joga no lixo celulares com menos de 1 ano de vida.

Talvez o Android é que seja celular de rico, de gente que pode trocar de aparelho toda hora e não se preocupa se ficarem obsoletos. Já quem quer um celular que dure bastante e não vá ser abandonado pelo fabricante, aí recomendo um iPhone mesmo.

Fonte: BI

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários