Home » Games » Games para PC » Crytek diz que série Far Cry perdeu o seu DNA

Crytek diz que série Far Cry perdeu o seu DNA

8 anos atrás

Talvez a minha memória esteja me traindo, mas o meu primeiro contato com um FPS de mundo aberto foi com o Far Cry e a impressão que o jogo me deixou foi muito boa. Na época do seu lançamento, além dos gráficos belíssimos, o jogo me conquistou por permitir que eu abordasse os inimigos de maneiras bem diferentes e apesar de muita gente ter o classificado como nada mais do que uma demo técnica, eu conseguia me divertir nele.

Desenvolvido pela Crytek, a propriedade intelectual ficou com a Ubisoft e para o segundo e terceiro jogo, a companhia francesa decidiu desenvolvê-lo internamente e de acordo com Avni Yerli, um dos fundadores da desenvolvedora alemã, as raízes da franquia foram perdidas nesse processo.

O Far Cry foi o jogo que basicamente formou a Crytek. Mais de 70% da nossa equipe na época não tinha experiência profissional com games, ou seja, não tinham trabalhado num jogo de grande porte antes, então por esta perspectiva, foi uma grande conquista para a empresa.

Estamos um pouco triste por o DNA do Far Cry não ter sido mantido nas sequências. Acho que a Ubisoft tem a sua própria visão de como a franquia deve ser continuada e eles tem feito um trabalho respeitável. A única coisa é que o DNA do Far Cry foi perdido.

Talvez o executivo até tenha razão, mas mesmo tendo desconfiado que a demo do Far Cry 3 mostrada na E3 fosse muito roteirizada, gostei do que vi e agora a Ubisoft divulgou mais um vídeo mostrando o mesmo trecho, só que jogado de outra maneira e a minha expectativa pelo jogo cresceu exponencialmente ao ver que realmente poderemos executar as ações de maneiras diferentes.

[via NowGamer]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários