Home » Meio Bit » Google » Google +1 promete tornar pesquisas sociais e personalizadas. Você "curtiu" a ideia?

Google +1 promete tornar pesquisas sociais e personalizadas. Você "curtiu" a ideia?

Google lança +1, serviço de recomendação de links embutido no buscador. Parecido com o 'Curtir' do Facebook, será que esse cola?

8 anos atrás

Google +1

Google +1

A Google anúncio a pouco um novo serviço integrado ao seu buscador, o Google +1. A descrição oficial do recurso diz que "o botão +1 é um abreviação para 'isso é muito legal' ou 'você precisa ver isso'". Aham.

Em termos simples, o +1 é um sistema de recomendação embutido na busca. Após ativar o recurso em seu perfil, todos os resultados das consultas ao buscador (por ora, só na versão americana) trazem, ao lado do título da página, um quadradinho com o "+1" no meio. Clique nele, e a recomendação será gravada para consulta posterior e servirá de recomendação aos seus contatos, quando eles estiverem fazendo alguma busca relacionada.

Eu acredito que você tenha feito a associação antes mesmo de começar a ler o texto. Sim, lembra muito o "curtir" do Facebook. A implementação, o visual, o comportamento, até a utilidade — caso você não mude a configuração padrão, suas "+1'd" (coitado do cara que for localizar isso para o Brasil...) também serão usadas para refinar resultados de pesquisas e anúncios.

'Personalizar conteúdo e anúncios?'

'Personalizar conteúdo e anúncios?'

Se no Facebook nosso perfil é a central de "curtidas", no Google o perfil também o é: o Google Profile. Após ativar o serviço, uma nova aba surge contendo todas as páginas coletadas. Essa pode ser pública ou privada, a seu critério.

O que dizer disso? A quem ainda espera a rede-social-matadora-de-Facebook da Google, esse +1 parece um componente desse futuro lançamento. Ocorre que, aos olhos desse leigo, a abordagem de soltar partes esparsas para depois montar um frankenstein em cima de tudo o que já foi lançado é, no mínimo, bastante arriscada. A Google tem perfil, site de fotos, "curtir", vídeos... se conseguirem integrar isso tudo de maneira transparente e acessível ao usuário comum, teremos um sério concorrente ao Facebook. Mas as chances de sair algo mal feito, sem harmonia entre os "módulos", são maiores. Bem maiores. Google Buzz (lembra?) que o diga.

Vale lembrar que, já faz algum tempo, a Google já oferece algo parecido ao +1, atrelado ao Google Bookmarks, outro serviço praticamente abandonado da empresa. Funcional inclusive na versão brasileira, ele basicamente substitui o "+1" por uma estrela. O +1 sobrepõe o Bookmarks, e mais uma vez a Google duplica serviços e embola um pouco mais seu meio de campo. Nesse ritmo, daqui a pouco estará igual ao Windows Live de 2005~2006...

relacionados


Comentários