Home » Fotografia » Arquivos RAW – Segurança do Passado?

Arquivos RAW – Segurança do Passado?

8 anos e meio atrás

Aposto que muitos leitores do Meio Bit nunca utilizaram um arquivo RAW em sua vida, mesmo que tenham em mãos uma câmera reflex ou compacta avançada. As desculpas para isso são muitas, entre elas podemos encontrar a dificuldade de editar o arquivo posteriormente ou o fato de caber uma quantidade menor de imagens no cartão de memória. Um amigo que trabalha em um grande estúdio aqui da região apontou que a empresa não possui computadores potentes para abrir uma grande quantidade de arquivos RAW ao mesmo tempo, ao tentar justificar o fato de ainda usarem arquivos JPEG. Mas, você que nunca teve a curiosidade de usar o formato pode me perguntar a vantagem de se utilizar esses arquivos. Vou lhe dar apenas duas razões. A primeira é a qualidade da imagem que é muito maior ao se processar um arquivo RAW em vez de um JPEG. O segundo é o fato da segurança em se ter um negativo digital e provar a autenticidade de sua foto. Pelo menos isso era verdade até a semana passada.

Ao que parece, a empresa russa ElcomSoft afirma ter descoberto uma forma de quebrar o arquivo de proteção das imagens em RAW produzidas pelas câmeras da Canon. Dessa forma, eles podem produzir imagens em formato RAW que não são detectadas como sendo falsas. Para provar a sua afirmação, eles fizeram várias montagens (algumas até bacanas) e salvaram em formato RAW. Em uma delas a Estátua da Liberdade está segurando a foice do símbolo comunista. Até agora, todo mundo está falando sobre a questão de concursos fotográficos, onde o arquivo é exigido pelas comissões julgadoras para comprovar a propriedade da foto. Porém, existem outras implicações mais profundas. Fico extremamente preocupado com a contestação de fotos em casos de perícias judiciais ou quando temos que processar alguém por uso indevido da imagem. Creio que a Canon vai tomar medidas para modificar o sistema de suas câmeras, mas o estrago já está feito. Se uma empresa consegue decodificar o sistema de proteção das imagens, outras também vão conseguir.

Até hoje, a Canon vende o seu Canon Original Data Security Kit como o mais confiável sistema de validação de imagens em RAW. Agora tudo parece ter ido por água a baixo. A ElcomSoft é uma empresa que tem por especialidade quebrar sistemas, decodificar passwords, chaves criptografadas e anunciou suas descobertas em relação à autenticidade de imagens em uma conferência para a imprensa. Se eu fosse da cúpula gerencial da Canon, trataria rapidamente de modificar todo o sistema, ao mesmo tempo em que mandaria um grupo de ninjas assassinos para a Rússia.

crack_canonFonte: Foto Digital

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários