Home » Open-Source » Acabou a confusão: BrOffice passa a ser LibreOffice no Brasil

Acabou a confusão: BrOffice passa a ser LibreOffice no Brasil

BrOffice deixará de existir até maio. LibreOffice passa a ser a designação oficial da suite de escritório também no Brasil.

8 anos atrás

BrOffice ou OpenOffice? Não chegava a ser uma confusão enorme, mas dividir uma "marca" era ruim se pensarmos em branding e consolidação do produto. O OpenOffice só tinha um nome diferente no Brasil, devido a problemas com registro da marca — alguém havia registrado o nome antes.

BrOffice é coisa do passado.

BrOffice é coisa do passado.

Com o fork no projeto, a mudança de nome e o acompanhamento dos pesos pesados que apoiam o projeto para o LibreOffice, a justificativa para o "BrOffice" deixou de existir. E, seguindo a lógica, a associação que cuida do programa no Brasil decidiu, em assembleia realizada ontem, por extinguir o grupo (até maio) e abraçar incondicionalmente o LibreOffice.

Na prática, isso significa que tudo passa a ser centralizado no site oficial/internacional do LibreOffice, de downloads a branding, incluindo o nome. A comunidade brasileira continuará tendo participação ativa no projeto, cuidado da tradução, dicionários e outros itens de localização. O que muda, mesmo, é o fim da associação BrOffice, já que ela perde a razão de existir com a migração total para o projeto-mãe.

Alguns podem ver essa situação como um retrocesso, mas pensando apenas no programa, quanto menos diferenças nas versões localizadas existirem, melhor. O Hardware.com.br ainda aponta algumas rixas entre os grupos de software livre e a associação, o que pode ter pesado na decisão de acabar com ela.

A última versão do LibreOffice, a 3.3.1, está disponível em português do Brasil e pode ser baixada tanto via HTTP/FTP, quanto por BitTorrent. Download aqui.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários