Home » Mobile » Apple impede que iPhone com jailbreak abra livros no iBooks

Apple impede que iPhone com jailbreak abra livros no iBooks

Apple introduz código que identifica e bloqueia iBooks em dispositivos iOS jailbroken. Ação pode ser a primeira de muitas nessa área.

9 anos atrás

Mais um capítulo na pitoresca paródia de Tom & Jerry que Apple e hackers protagonizam há anos.

Na última atualização do iOS, a 4.2.1, os comandados de Steve Jobs inseriram uma "pegadinha" no iBooks, app nativo para a compra e leitura de ebooks. Trata-se de um binário assinado incorretamente, de propósito, que tenta se executar a cada vez que um livro é aberto. Se a execução for bem sucedida, é sinal de que foi feito jailbreaking no aparelho. E se isso acontece, além do livro não abrir, o iBooks ainda exibe a seguinte mensagem:

Existe um problema na configuração do seu iPhone. Por favor, restaure-o com o iTunes e reinstale o iBooks.

Existe um problema na configuração do seu iPhone. Por favor, restaure-o com o iTunes e reinstale o iBooks.

(In)felizmente, o problema já foi solucionado pelo pessoal do iPhone Dev-Team. A última versão da PwnageTool contorna a medida da Apple e possibilita o uso do iBooks em aparelhos jailbroken.

Apesar do final feliz, o caso abre um grave precedente e pode ser a primeira de muitas medidas agressivas da Apple contra o jailbreaking. Mesmo liberado pela Justiça americana, é público e notório o desagrado que tal prática causa em Cupertino. Corre-se o risco de, em níveis mais drásticos, a Apple incluir artimanhas que afetem aplicativos mais sérioes ou mesmo o próprio funcionamento do iPhone.

Não creio que a Apple se aventure a "brickar" smartphones das ovelhas rebeldes que fazem jailbreaking, mas as possibilidades além dessa são grandes e podem ser perigosas. A Apple, a exemplo da Sony, joga pesado contra quem modifica, sem autorização, seus produtos. Já a "maligna" Microsoft, chama a galera que faz esse tipo de coisa pra tomar um café e ainda faz chacota com eles. Sinal dos tempos?

Fonte: Download Squad.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários