Home » Hardware » Blackberry PlayBook — o iPad da RIM

Blackberry PlayBook — o iPad da RIM

Research in Motion (RIM) anuncia o lançamento do seu novo tablet, para mercado empresarial, o PlayBook.

9 anos atrás

A RIM anunciou o PlayBook, o tablet que promete competir com o iPad, especialmente no mercado empresarial. Voltado para um público que necessita de maior segurança mas, sem esquecer da multimídia, da diversão, alguns pontos são indiscutivelmente melhores que o iPad. Tirando o nome, que provavelmente foi inspirado no PlayMobil — ou não.

BlackBerry PlayBook

BlackBerry PlayBook

O navegador inclui suporte ao Adobe Flash 10.1 e Adobe Mobile AIR, sobre o qual não encontrei muitas referências, mas parece ser uma versão adaptada do Adobe AIR para smartphones. Se for parecido com o Adobe AIR, esse tablet já tem um ponto fortíssimo — muitos aplicativos multiplataforma. A gente até esquece que ele suporta o Flash... e suporta HTML 5.

Possui menos de 1,5 cm de espessura e pesa menos de 450 gramas. Como comparação, o iPad mede 1,5 cm de espessura e pesa 680 gramas na versão WiFi, 725 na versão 3G. o PlayBook possui uma tela de 7" (2" a menos que a do iPad). Para suportar todo esse processamento (lê-se: o pesadão do Adobe Flash), ele inclui um processador de ARM-Cortex-A9 dual core de 1 GHz, 1 GB de memória e sistema operacional desenvolvido exclusivamente para o tablet, denominando BlackBerry Tablet OS (acho que a equipe da RIM está em crise de criatividade), com suporte a multitarefa.

Para quem reclama que o iPad não possui câmeras, o PlayBook traz logo duas, uma voltada para vídeos e fotos (em alta definição) e outra para video-chamada. Ele também inclui uma porta HDMI e suporte à vídeos em Full HD (1080p), som estéreo e um media player que promete competir com o melhor do mercado.

Tem integração com os smartphones da BlackBerry, suportando pareamento entre o smartphone e o tablet via conexão segura Bluetooth, permitindo o usuário visualizar e-mails, calendário, tarefas, documentos e outros conteúdos que estão armazenado (ou são acessíveis pelo) smartphone, na tela do tablet. E por último, voltado para empresas, o PlayBook é compatível (sem precisar instalar nada) com o BlackBerry Enterprise Server, quando o documento é acessado via Bluetooth pelo tablet (do smartphone) o conteúdo permanecerá no smart, servindo apenas de cópia-cache. Isso permite uma maior segurança com os dados e evita conteúdo duplicado (mas, bem que uma sincronização entre os dois seria interessante).

http://www.youtube.com/watch?v=eAaez_4m9mQ

Vendo o vídeo que foi divulgado (acima), a interface parece bastante interessante. Mas será que foi desenvolvida no ponto de vista de marketing? Assim... será que ela demonstra a real interface do tablet? Ou está dando uma de Nokia N97 e lançando uma interface que não bate com a realidade? Espero que não, por que ela é bastante simples, rápida e bonita.

As especificações completas do tablet são as seguintes:

  • Tela 7″ LCD, 1024 x 600, WSVGA, com multi-toque capacitivo e suporte a gestos;
  • BlackBerry Tablet OS;
  • Processador ARM-Cortex-A9 dual core de 1 GHz;
  • Memória de 1 GB;
  • Duas câmeras HD (3 MP frontal para vídeo-conferência, 5 MP traseira), com suporte à gravação de vídeos em 1080p HD;
  • Reprodução de vídeos: 1080p HD Video, H.264, MPEG, DivX, WMV;
  • Reprodução de audio: MP3, AAC, WMA;
  • Saida de vídeo HDMI;
  • WiFi 802.11 a/b/g/n;
  • Bluetooth 2.1 + EDR;
  • Navegador com suporte ao WebKit/HTML-5, Adobe Flash Player 10.1, Adobe Mobile AIR, Adobe Reader, POSIX, OpenGL, Java;
  • RIM planeja oferecer modelos com suporte à 3G e 4G no futuro.

Fonte: SuperSite Blog.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários