Home » Miscelâneas » Carregando o Bilhete Único pela internet

Carregando o Bilhete Único pela internet

Tutorial de como fazer a recarga do Bilhete Único pela internet

10 anos atrás

Muita gente não sabe e sofre nas filas para carregar o Bilhete Único (o paulistano, não o homônimo campineiro ou fluminense), mas ele também pode ser carregado pela internet.

É bastante simples, basta entrar na loja virtual da SPTrans e fazer um cadastro. Depois, toda vez que carregar é preciso ou digitar um número que aparece no verso do cartão (o caso do cartão "normal") ou RG e data de nascimento (caso do cartão de estudante ou professor).

Depois, você escolhe o valor a ser carregado, que será acrescido de uma taxa de R$ 1,50 pelo serviço.

O maior incômodo é ter que digitar o código do boleto no site do banco — não há outra forma de pagamento disponível. Seria bem mais cômodo se ele desse a opção de ir diretamente para o Internet Banking, como outros sites fazem. Outro problema do boleto é que ele demora mais para que o pagamento seja verificado; ao invés de liberar os créditos na hora, existe uma espera de cerca de 12 horas entre o pedido e a liberação do valor.

E como o Bilhete Único não funciona de forma online (ainda bem!), você ainda precisa, de fato, carregar o cartão.

Máquina para carregar o Bilhete Único. Antigamente, servia apenas para o "Vale Transporte"

Para isso, basta colocar seu cartão em uma dessas máquinas "amarelinhas" que estão presentes em quase todas as estações de Metrô/trem e terminais de ônibus. Colocando o cartão, a máquina irá conectar ao sistema da SPTrans e finalmente carregar o cartão.

Comigo, todo esse processo (colocar o cartão, esperar a conexão e a recarga do cartão) nunca demorou mais que 15 segundos.

Não é a melhor opção quando você está com o cartão zerado e precisa de créditos imediatamente, mas se você costuma carregá-lo com antecedência, pode valer a pena.

relacionados


Comentários