Home » Hardware » Era uma vez, uma marca chamada ATI...

Era uma vez, uma marca chamada ATI...

AMD anuncia fim da marca ATI. Agora, placas de vídeo Radeon e FirePro serão comercializadas sob a marca AMD.

9 anos atrás

Uma das maiores rivalidades do mundo da informática acaba de "perder" um dos seus players. Quatro anos após desembolsar US$ 5,4 bilhões na compra da ATI, a AMD anunciou, hoje cedo, que acabará com a marca de placas de vídeo. As séries Radeon e FirePro continuarão existindo, porém precedidas do nome AMD.

A decisão foi baseada num estudo conduzido pela AMD em alguns países, Brasil incluído, que determinou que as marcas AMD e Radeon/FirePro são fortes o bastante, e que três nomes compondo os nomes dos produtos e a confusão que eles causavam (AMD/ATI Radeon?) eram ruins. A mudança não afeta os produtos que já estão no mercado, mas daqui em diante, numa eventual família Radeon 6000, a marca ATI sumirá. Ainda como parte do exercício de futurologia, teremos a "AMD Radeon HD6870", por exemplo.

Além de diminuir confusões envolvendo nomes, a estratégia da AMD de fundir CPU e GPU, criando as aguardadas APUs, torna a centralização de processadores comuns e placas de vídeo numa única marca mais coerente. De forma bastante esperta, a AMD criou dois sets daqueles malditos adesivos de caixas e equipamentos, sendo um deles sem menção à empresa, provavelmente para serem usados em dispositivos com componentes da Intel, evitando assim choques de marcas, o que poderia, no mínimo, causar mal estar na distribuição de PCs com CPU Intel e placa de vídeo AT... digo, AMD.

Novos logos das placas de vídeo Radeon e FirePro.

Novos logos das placas de vídeo Radeon e FirePro.

25 anos depois de fundada, a ATI "chega ao fim". Tem alguma boa história com equipamentos da marca? Está usando alguma VGA dela? Conte nos comentários, com a boa e sempre presente sensação de nostalgia que ronda a área de TI 🙂

Fontes: The Tech Report (via Wired).

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários