Home » Mobile » GSM em alta

GSM em alta

14 anos atrás

Cada vez mais usuários migram para GSM.

Os dados são baseados em estatísticas da Informa Telecoms & Media World Cellular Information Service. Gráficos detalhados do crescimento da tecnologia GSM, além da lista de implementações da EDGE e UMTS estão disponíveis no site da 3G Americas.

A associação da indústria sem fio 3G Americas anunciou o resultado de um levantamento sobre o mercado de telefonia móvel, que constata que a família de tecnologias GSM, que engloba GPRS, EDGE e UMTS/HSDPA, ganhou mais de 112 milhões de clientes novos em três meses (terceiro trimestre de 2005). Com isso, a tecnologia aumentou sua participação no mercado global para 77,6%, com mais de 1,6 bilhão de clientes. Na América Latina, o crescimento foi de 58 milhões de usuários.

Com 381 milhões de clientes adicionais desde o terceiro trimestre de 2004, a tecnologia ganhou mais clientes no período de um ano que a base total de clientes de qualquer outra tecnologia móvel digital. A família GSM de tecnologias é utilizada por mais de 670 provedores de serviços móveis sem fio em 212 países e territórios.

O Ocidente mostrou bastante crescimento em GSM, com mais de 84,5 milhões de novos clientes entre o terceiro trimestre de 2004 e 2005. Isso representa 94% a mais do que os 90 milhões de clientes novos na região das Américas. Com 41% de participação do mercado, GSM é a primeira tecnologia da região com crescimento anual de 90%.

A tecnologia GSM contabiliza uma participação de mercado de 47% na América Latina, seguida por TDMA, com 26%, e CDMA, com 24,7%. Os cinco maiores mercados GSM da região em setembro 2005 foram o Brasil, com 38,1 milhões de clientes, seguido pelo México (22,6 milhões), Colômbia (10,8 milhões), Argentina (7,5 milhões) e Chile (6,1 milhões).

Nos Estados Unidos e Canadá, os clientes novos GSM no período de um ano (entre os terceiros trimestres de 2004 e 2005) totalizaram 26 milhões.

O crescimento contínuo da tecnologia GSM contribuiu para a proliferação dos serviços de voz e dados sem fio de alta velocidade, EDGE e UMTS (WCDMA). Mais de 100 operadoras, em 65 países, lançaram serviços comerciais EDGE e outras 83 estão em fase de implementação. Essas operadoras representam mais de 870 milhões de clientes dentro das suas bases atuais. Além disso, UMTS demonstra ainda mais crescimento comparado com GSM na mesma época de desenvolvimento. No final do terceiro trimestre de 2004, UMTS contabilizava 11 milhões de clientes no mundo inteiro, e quase 17 milhões no início desse ano. Esse número mais que duplicou para atingir a marca de quase 35 milhões de clientes no final do terceiro trimestre de 2005, de acordo com o Fórum UMTS. Até hoje, existem 92 operadoras UMTS oferecendo serviços comerciais no mundo inteiro e outras 70 operadoras em fase pré-comercial, desenvolvimento ou planejamento. Isso faz da UMTS a principal tecnologia 3G da atualidade, baseado no número de operadoras, no número de clientes e no potencial de mercado com os compromissos confirmados com operadoras.

A UMTS ganhará um reforço com a HSDPA (High Speed Downlink Packet Access), oferecendo velocidades ainda mais altas, maior capacidade de espectro e custos menores para as operadoras e seus clientes. As primeiras implementações da tecnologia UMTS/HSDPA ocorreram em outubro de 2005, por meio da ativação de redes nas cidades norte-americanas de Dallas, Phoenix e Seattle pela Cingular Wireless, seguida pelo O² Manx Telecom na Ilha de Man. Até hoje, 46 redes HSDPA são planejadas ou estão em desenvolvimento com outras e em fase de teste.

Eu mesmo estou caindo fora da Vivo-SP (CDMA) e migrando para a TIM-SP (GSM). 😉

relacionados


Comentários