Home » [none] » Review: headset Bluetooth Jawbone Icon

Review: headset Bluetooth Jawbone Icon

O mais recente lançamento da Aliph, o Jawbone Icon, mostra que o novo headset Bluetooth veio para ficar.

9 anos atrás

O último modelo de headset Bluetooth da Aliph, o Jawbone Icon, foi lançado em janeiro de 2010.  A fabricante alega que o Icon é o seu menor handset (pesa somente 8.2g), além de ser o mais comfortável, e dispõe de 6 designs diferentes, desde os mais discretos aos mais extravagantes, com nomes variando entre "The Thinker" e "The Bombshell". Eu escolhi o "The Hero", um design totalmente preto.  A autonomia é de 4.5h de conversação ou 10 dias em stand-by. O Icon utiliza o Bluetooth 2.1 com suporte a EDR e suporta 2 conexões simultâneas. Eu acabei comprando este headset após uma decepção com um modelo da Logitech, que tinha problemas de bateria, além de ser ruim de parear.

A embalagem é bastante compacta e elegante. O Jawbone vem encaixado em um pedestal, envolto em plástico transparente, com os manuals, acessórios e carregador escondidos na parte inferior da caixa. Ele vem com vários adaptadores e o tradicional loop (discuto mais abaixo). O adaptador para corrente AC é bastante pequeno, e a ele conecta-se através de uma porta USB um cabo de uns 10 cm que é então conectado ao Jawbone através de um plug micro-USB. O cabo, sendo USB, pode ser usado sem o adaptador, já que pode ser usado em qualquer porta USB.

Um dos diferenciais do Icon é ser muito pequeno e leve. Eu próprio fiquei com dúvida se o headset ficaria seguro sem o tradicional loop de metal. Felizmente, na caixa vem 3 adaptadores para serem usados sem o loop, e mais 4 adaptadores tradicionais e mais o loop. Após experimentar as opções, acabei com o adaptador sem loop médio. Para encaixar na orelha, o usuário deve inseri-lo na posição vertical, e girá-lo para frente uns 30-45 graus (diagrama no fim do post). Ele fica bem fixo, e é importante que a ponta dele toque no rosto para que a funcão de redução de ruido funcione a contento. O adaptador para a orelha não entra no canal auditivo como um fone de ouvido interno, o segredo está naquela extensão circular, que acaba sendo comprimida pela orelha e assim fica justa no lugar. Uma enorme diferença é que ele não tem nenhuma luz externa. O único LED, usado para indicar se ele está ligado e durante a carga da bateria, fica para dentro, bastante discreto (claro que se você pegar o modelo dourado, um LED vermelho piscando forte pode ser considerado "discreto").

O Icon tem entre seus trunfos a simplicidade (o que também acaba o limitando). Só dispondo de um único botão e o switch on/off, somente a funcionalidade essencial é preservada. Ao ligá-lo, ele tenta parear com o dispositivo mais próximo (que já foi usado anteriormente), e avisa quantas horas de conversa a bateria deve durar. O máximo anunciado parece ser 4 horas. Uma das vantagens do switch on/off é que não há como ligá-lo acidentalmente como os botões do tipo aperta/segura. Portanto ele pode ser levado sem problemas no bolso de uma calça jeans.

Ao receber alguma chamada, ele anuncia "Call from (123)123-1231". Um toque no botão e a chamada é atendida, e o mesmo botão termina a chamada. Durante o stand-by, apertar e segurar o botão aciona a discagem por voz, que funciona muito bem. Além disto, o botão pode ser usado para acionar um DialApp (mais abaixo) e checar o nível da bateria (anuncia "About X hours remaining"). O controle do volume pode ser feito somente pelo telefone. A qualidade da voz é muito boa, tanto em ambientes silenciosos quanto barulhentos. Eu testei ele caminhando por uma rua barulhenta (suprimiu muito bem o ruido) e em um ambiente com vento (não funcionou muito bem). Durante meu uso, a bateria realmente dura mais de uma semana, e eu já fiz várias ligações de mais de uma hora, e ele nunca "mentiu" que teria carga, entretanto o sistema é selado e a bateria de íon de lítio não pode ser trocada. O manual em PDF está disponível.

O conforto é um ponto forte dele. Mesmo usando o Icon por mais de 1 hora, ele não me incomodou. Acho que se eu usar o loop ao invés do adaptador, ele pode ser ainda mais confortável.

Uma característica exclusiva do Icon são os Apps, que podem ser baixados e instalados nele através de um software em um desktop. Há duas categorias de Apps: AudioApps são as vozes que o sistema usa. Todas as 6 vozes dos vários modelos estão disponíveis. DialApps são pequenas funções, como discagem por voz (estranhamente nunca precisei instalar, já que meu Blackberry suporta nativamente), Jott e um sistema de directory asssistance. Sinceramente não achei os DialApps úteis, com exceção do Jott, que permite ditar notas e mensagens (mas que pode ser feito ligando para o próprio número do Jott). Só podem ser instalados um AudioApp e um DialApp simultaneamente. Além disto, para o iPhone existe um App que mostra a carga do Icon na barra superior da tela (algo que eu não compreendo como passou pelo review na App Store). Não instalei o software para testar, visto que não despertou minha curiosidade.

Pela primeira vez, tenho um headset que realmente me atende: pequeno, discreto, confortável e com ótima bateria. O preço de aproximadamente US$80 na Amazon é razoável. Altamente recomendado.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários