Home » Segurança » Reality Mining a caminho, via Google

Reality Mining a caminho, via Google

Você pode não saber, mas seus gadgets deixam rastros digitais por onde passa.

9 anos atrás

Sai fora olho gordoEm um post no The Register, parece que o Google está expandindo seu Google Street View com mais do que imagens. Aparentemente estão coletando os nomes das redes wi-fi (associando-os à localização, claro) e ainda por cima endereços MAC dos dispositivos wi-fi. A distribuição de redes wi-fi pode ser usada, por exemplo, para auxiliar na localização de usuários, como feito com o iPhone, através da tecnologia SkyHook. Nada de errado até ai.

O problema em potencial são os endereços MAC. Com isto, eles podem utilizar estes endereços MAC para monitorar a localização física de usuários. Imaginem, por exemplo, o que pode ser feito com um sistema municipal de wi-fi (como existente em Mountain View, cortesia do Google). Interessante notar também o que está escrito na política de privacidade da rede wi-fi em Mountain View:

We may record information about your usage of Google WiFi, such as when and for how long you use the network and the frequency and size of data transfers.

We may collect information about the geographic locations of the Google WiFi nodes through which you connect to the network.

Apesar de não ser possível detectar o endereço MAC através do browser (além de ser possível alterar o MAC sendo divulgado), esta informação está sendo coletada, e em algum momento, pode ser utilizada para gerar padrões de uso. O mesmo pode ser feito, por exemplo, com telefones Bluetooth. O conceito de Reality Mining pode ser aplicado para gerar estatísticas bastante úteis (para os mais diversos grupos, de pesquisadores a empresas de marketing), como por exemplo:

  • Que tipo de telefone é mais comum em determinada parte da cidade ? Por exemplo, uma concentração maior de telefones mais caros pode indicar uma população de nível socio-econômico maior
  • Em que período do dia determinadas regiões são mais frequentadas. Pode ser útil para lojas, por exemplo, para determinar em que localização colocar determinados produtos
  • Monitorar trânsito e desenvolver padrões.
  • Fazer inferências sobre inúmeros comportamentos sociais, como amizades.
  • Combate ao crime e inteligência.

Lembre-se, se você tem um notebook com wi-fi ligado, ou um celular com wi-fi e/ou Bluetooth ativados, você já está oferecendo estes dados passivamente, e qualquer um com um equipamento mínimo pode passar a coletá-los. Existem programas que podem ser instalados em celulares para criar um log de vários parâmetros.Mesmo não ligando estes dados a uma identidade, isto vai formando um banco de dados enorme. E o Google sabe disto.

relacionados


Comentários