Home » Indústria » O Caso iPhone 4 - Vale Tudo vs Ética

O Caso iPhone 4 - Vale Tudo vs Ética

9 anos atrás

Muito tem sido escrito sobre o tal protótipo de iPhone que foi encontrado em um bar (ou talvez alguma teoria alternativa), mas o que mais me incomodou neste caso todo foi a maneira que levou à publicação dos posts.

Vários erros foram cometidos, tanto pelo rapaz que achou o iPhone e não somente não devolveu à Apple como tentou (e conseguiu) vendê-lo a um blog famoso. O tal blog famoso também cometeu erros. Apesar de (possivelmente) legal, o blog pagou pelo equipamento, e depois publicou o nome e fotos do rapaz que o perdeu. E é justamente esta útima parte que me deixou  chateado.

Eu próprio me senti como uma dona de casa que compra um tablóide qualquer para ler sobre a última "notícia" sobre a Paris Hilton. Trata-se de nada menos do que publicar buscando unica e exclusivamente pageviews (ou qual seja a métrica da moda), sem o mínimo respeito pela carreira do funcionário da Apple, cujo nome vai estar associado a isso por muito, muito tempo em qualquer busca online.

Perdem os leitores: apesar do "ganho" a curto prazo de conhecer os detalhes do tal iPhone, este episódio abre precedentes importantes. Vale tudo para conseguir a notícia exclusiva. No momento em que temos este tipo de conduta, o que podemos esperar para o futuro ? Paparazzi e detetives seguindo executivos e empregados-chave dia e noite ?

Perde a Apple também, direta e indiretamente. São possivelmente 2 meses de vendas do modelo atual do iPhone, já que agora todos sabem o que vem por aí. Indiretamente, todos os concorrentes tem 2 meses para desenvolverem seus próprios modelos com câmeras na frente e telas de altíssima resolução, entre outros detalhes que foram divulgados. Apesar de ser interessante conhecer o que vem por aí, este tipo de segredo industrial é uma arma importantíssima da Apple, que acaba trazendo mais inovações para a indústria, uma vez que a competição é mais acirrada.

Não estou iludido que o Meio Bit terá a capacidade de se envolver em um caso desta magnitude. Não há pretensão alguma de nos posicionar como concorrente direto de um blog destes, gerenciado por empresas bem capitalizadas com uma estrutura enorme. Também não nego que o conhecimento sobre o próximo iPhone seja uma notícia válida e importante (tanto que postamos a respeito). O John Gruber, que cobre Apple há muitos anos, é o blogueiro que traz as opiniões mais sensatas sobre o ocorrido. Um blog bem menos conhecido postou um texto ontem à noite que me fez pensar também. Um erro não justifica outro. O caso todo ocorreu somente com múltiplas pessoas tomando decisões questionáveis em sequência.

PS: Já notaram como todo blogueiro é advogado em um momento como este ?

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários