Ning acaba com versão grátis; concorrentes disputam órfãos

Ning.

Um mês após assumir o cargo de CEO do Ning, um site que permite a qualquer um criar redes sociais, Jason Rosenthal rodou a baiana e promoveu mudanças drásticas por lá. De cara, demitiu 70 funcionários, correspondente a 40% da equipe, e acabou com a modalidade gratuita do Ning.

Num e-mail enviado à equipe (e reproduzido pelo TechCrunch), Rosenthal justifica essa guinada no fato de que 75% do tráfego do Ning provém de clientes premium, ou seja, daqueles que pagam. Assim, o novo foco da empresa é desenvolver melhor os recursos extras, pois os usuários que já usufruem deles estão dispostos a pagar.

O novo foco é sensato, mas deixou quem dependia da versão free do Ning numa situação delicada. Apesar do e-mail do novo CEO referir-se a dois modelos, grátis e pago, na realidade o Ning oferece “módulos” pagos mensalmente. Tem desde suporte (US$ 10), passando por domínio próprio (US$ 5), remoção de anúncios (US$ 25), mais espaço e banda (US$ 10) e a eliminação de links e imagens relacionadas ao Ning (US$ 25). A menos que uma mudança nesse sistema seja implementada, bastará aos usuários da modalidade gratuita assinar um dos serviços premium, provavelmente o mais barato. Ou…

Tentei pensar noutra analogia, mas não me veio nada diferente de urubus aproveitando o momento. Várias redes concorrentes, algumas até com propostas diferentes, ofereceram-se a receber os órfãos do Ning gratuito. GROU.PS, posterous (!?), GrouplyAutomattic (via BuddyPress) já se manifestaram. Em último caso, todos ganham: esses serviços ao receberem mais usuários, e esses, um leque de alternativas gratuitas ao Ning premium.

Mais uma vez, a confiança em serviços na nuvem é posta em xeque. Afinal, hoje foi só a eliminação do plano gratuito, o que já é grave, mas longe de ser algo terrível, como o fim do serviço. Isso sim seria desastroso, e no cenário atual, o que garante aos usuários a segurança de suas contas? Puxando da memória um caso recente, o tr.im fechou as portas de vez sem nenhum suporte aos usuários…

Relacionados: , ,

Autor: Rodrigo Ghedin

Blogger, bacharel em Direito e acadêmico de Sistemas de Informação.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples