Home » Demais assuntos » Sony agora cogita adotar o cross-play

Sony agora cogita adotar o cross-play

CEO da Sony diz que a empresa estava ouvindo os pedidos para partidas entre o PS4 e outros consoles, e que ele está confiante em relação a uma solução. Será que eles vão realmente mudar de postura?

2 anos atrás

Uma coisa que a indústria de games nos mostrou ao longo dos anos é que não existe política interna que não possa ser alterada, com uma empresa que ontem parecia firma nas suas posições, amanhã podendo seguir por um caminho totalmente diferente. Isso aconteceu, por exemplo, com a Nintendo, que antes tinha total aversão a levar suas franquias para dispositivos mobile e hoje tem explorado a plataforma como qualquer outra.

Outra fabricante que pode estar perto de mudar o seu rumo é a Sony, pelo menos quando se trata da maneira como eles tratam as partidas entre plataformas. Embora a companhia japonesa venha permitindo que o seus consumidores joguem com quem está no PC desde a época do PlayStation 2, ultimamente ela tem irritado muita gente por manter o seu atual console mais fechado (salvo raras exceções). Mas isso pode estar começando a mudar.

Após a chuva de reclamações que caiu nas redes sociais por o PS4 ser o único fora das partidas de Fortnite entre consoles e da nossa conta da Epic ficar presa ao aparelho, a Sony até chegou a emitir um comunicado, mas a recepção não foi boa e as ações da empresa chegaram a desvalorizar. Parecia que eles estavam ignorando o público e ao ser questionado sobre isso em uma entrevista, o CEO da Sony Interactive Entertainment America fez um comentário que serve para nos dar alguma esperança:

Estamos os ouvindo,” afirmou Shawn Layden. “Estamos vendo várias possibilidades. Você pode imaginar que as circunstâncias em torno afetam muito mais do que apenas um jogo. Estou confiante de que chegaremos a uma solução que será entendida e aceita pela nossa comunidade, enquanto que ao mesmo tempo suporte o nosso negócio.

Talvez eu não tenha entendido muito bem, mas fico com a impressão de que as palavras do executivo servem para reforçar um comentário recente feito pelo ex-presidente da SOE, quando este disse que o temor da Sony é permitir que as pessoas comprem algo em outro console e o aproveitem num PlayStation. Com isso a empresa deixaria de receber uma porcentagem das microtransações, além de alguns defenderem que a liderança da empresa correria perigo.

O que me incomoda um pouco nessa história é achar que no fundo a Sony pode estar apenas tentando ganhar tempo, torcendo para que a poeira baixe e os jogadores esqueçam que — dependendo do título e do videogame que eles possuem — é possível jogar com os amigos que estão em outra plataforma.

Enquanto isso, Microsoft e Nintendo tem aproveitado o vácuo deixado pela Sony para estreitar laços, chegando inclusive a lançar um trailer do Minecraft para promover o cross-play entre o Switch e o Xbox One. O curioso é que são justamente os donos de um PlayStation 4 que mais deveriam torcer por novas campanhas como essa, pois quanto mais pressão sobre a Sony, melhor.

Fonte: Eurogamer.

relacionados


Comentários