Home » Hardware e periféricos » Novos rumores apontam para um futuro MacBook com processador ARM

Novos rumores apontam para um futuro MacBook com processador ARM

Novas informações apontam que a Pegatron estaria montando um novo MacBook com processador ARM; suposto novo gadget representaria o início do fim da parceria entre Apple e Intel.

1 ano e meio atrás

O rumor volta a circular: a Pegatron, uma das manufaturas da Apple estaria fabricando um novo MacBook que utilizaria um processador ARM; o tal novo projeto seria a primeira ponte entre o macOS e o iOS, além de representar um afastamento da Intel com o tempo.

Não é de hoje que boatos sobre a Apple dar um pé na bunda da Intel e utilizar chips ARM em MacBooks e iMacs rondam a internet. As primeiras informações apontavam para um projeto chamado "Kalamata", voltado a unificar todas as plataformas da maçã e a única diferente é a de computadores, que não utiliza processadores AX ou AXX. Tal decisão teria motivações práticas e econômicas: primeiro, permitiria que todos os seus dispositivos tivessem uma arquitetura única (uma possível exceção seria a linha de alta performance, como o iMac Pro ou o futuro novo Mac Pro) e conversassem entre si, e segundo, limitaria a quantidade de parceiros comerciais; com a Intel fora do páreo, a dependência de componentes externos ficaria ainda menor.

Só que os rumores não são uniformes. Primeiro, o site 9to5Mac cogitou que o novo dispositivo seria um híbrido 2 em 1, que não condiz em nada com a estratégia da Apple para seus gadgets. Até porque convenhamos, o iPad Pro de certa forma já responde por tal categoria e quem precisa de um dispositivo um pouco mais versátil, opta por um MacBook Air (de preferência, os dois). Já o rumor da Pegatron seria a respeito de um projeto conhecido como "Star", número de série "N84" poderia ser um novo iPhone de baixo custo, com tela LCD mas que utilizaria o mesmo form factor do iPhone X: com notch, Face ID e tudo o mais:

Já o DigiTimes diz que o "Star" seria de fato um novo produto da família Mac, mais precisamente um MacBook e isso faria sentido, se for de fato intenção da Apple começar a tomar distância da Intel e adotar seus processadores em seus laptops e eventualmente, em alguns de seus desktops. Claro, não há informações suficientes para sustentar nenhuma das afirmações feitas pela mídia e tudo não passa de rumores, no entanto é sempre bom ficar de sobreaviso.

Há a possibilidade de que saibamos mais a respeito dessa possível empreitada da maçã na WWDC 2018, que começa na próxima segunda-feira; embora voltada a desenvolvedores e às novidades acerca de seus sistemas operacionais, de vez em quando a Apple apresenta novos dispositivos no Keynote de abertura.

Fonte: DigiTimes.

Leia mais sobre: , , , , , , .

relacionados


Comentários