Budweiser quer levar cerveja para Marte

kirk_saurian

O filósofo Homero já dizia: álcool é a origem — e solução — de todos os problemas da vida. Algumas das mais antigas documentações escritas da Humanidade se referem a álcool, desde o tempo em que os alienígenas ensinaram aos egípcios como fazer cerveja. É natural que o álcool nos acompanhe em nossa expansão pelo cosmos, mas não é tão simples.

Primeiro de tudo, é extremamente caro levar qualquer coisa para o espaço, e muito mais para Marte. Depois há o risco de alguém surtar, roubar uma nave e atacar a Terra. Em verdade a vida nas primeiras décadas em Marte será bem espartana, para alegria do pessoal da PETA um bife custará uma fortuna, mas dificilmente não teremos álcool, graças à Budweiser.

Eles conseguiram espaço na Estação Espacial Internacional, usando um dos módulos da Space Tango, uma empresa que se especializou em desenvolver o equivalente laboratorial a um cubesat: um equipamento projetado para realizar experimentos científicos usando dimensões, conexões e protocolos comuns ao resto da ISS, isso facilita muito a vida de todos os envolvidos. O resultado foi isto:

news-112117a-lg

O experimento foi para a ISS em dezembro de 2017, levando 3.500 sementes de cevada, que foram devidamente cuidadas acompanhadas e germinaram, produzindo um monte de dados sobre o efeito da microgravidade no crescimento das plantas.

Ao contrário do que você provavelmente lerá nos G1s da vida, ninguém fez cerveja no espaço: não enviaram uma microdestilaria, a NASA é puritana demais pra isso. Já os russos, bem… no tempo da MIR eles tinham conhaque a bordo, recomendado pelos médicos, para fins medicinais, wink wink.

56b0f082dd089594778b47e3-960-506

A própria NASA pensou em colocar Xerez no cardápio do Skylab mas a ala conservadora da população americana chilicou, e dali em diante nada de álcool, exceto em jabás, quando uma destilaria japonesa mandou umas garrafas de uisque para a ISS, o objetivo era estudar o efeito da microgravidade na bebida, e elas voltaram fechadas.

Também houve um experimento patrocinado pela Coors no tempo do Space Shuttle onde uma pequena quantidade de cerveja foi fermentada em órbita. A cientista responsável disse que não resistiu e provou uma gotinha. O excelente e promissor resultado foi que fermentação em microgravidade produz cerveja com teor alcoólico bem acima do normal. Acho que isso explica porque as naves do The Expanse são cheias de plantas. Tudo cevada.

Aqui o vídeo da Budweiser falando do experimento:


Budweiser | This Bud’s For The Journey, This Bud’s For Mars

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples