Meike vai colocar no mercado sua primeira lente com foco automático

E os chineses vão cominar o mundo. Talvez, mas se for com qualidade ninguém vai ligar. A Meike é uma das fabricantes chinesas que fazem materiais genéricos para as marcas mais famosas, como Canon e Nikon. Todas minhas câmeras Nikon possuem battery grip da Meike e eles funcionam muito bem. Comecei a utilizar a marca ainda na Nikon D90 e foi meio por necessidade. A ideia era comprar um original Nikon, mas não havia o equipamento disponível na época, apenas o genérico. E não me arrependi.

No site da Meike podemos encontrar flash, radio flash, tubos extensores, difusores, lentes com foco manual e battery grips. Tudo com compatibilidade com as principais marcas de câmeras fotográficas. Mas, até agora a empresa não possuia uma lente com foco automático. Mas, isso é passado. A Meike anunciou a sua nova lente fixa com distância focal de 85mm, compatível com equipamentos full frame e com abertura máxima de diafragma em f/1,8. Vai ser uma lente queridinha dos fotógrafos que fazem retratos.

A MK85mm vai estar disponível para Canon, Nikon e Sony. O corpo é todo construído em metal e a lente é formada por 9 elementos distribuídos em 6 grupos. O elemento frontal é multi revestido, o diâmetro do filtro é de 67mm e a distância mínima de foco fica em 0,85m. Temos que admitir, é uma lente bonita. Diria que a empresa chinesa bebeu na fonte de design das lentes da série art da Sigma. Claro que esse tipo de “inspiração” é muito comum nas  empresas chinesas.

A Meike não revelou preço e nem uma data de lançamento. Tudo ainda é um mistério. Mas, a empresa liberou algumas imagens de demonstração do novo equipamento no site. Se essa é a qualidade de imagem da lente, então será um equipamento bacana para ter na bolsa, ainda mais se o preço seguir a tradição de ser mais camarada do que os produtos originais das marcas que a lente é compatível.

Fonte: Petapixel.

Relacionados: , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar