Google aposta no RCS para resolver a bagunça dos apps de mensagens (e mata o Allo no processo)

google-chat

O Google nunca conseguiu desenrolar o novelo dos apps de mensagens. Ao longo dos anos ele já tentou com o Google Talk, que foi substituído pelo Hangouts, depois criou o Allo, mirando nos mensageiros instantâneos e o Duo, voltado exclusivamente para videonferências; por fim ele voltou sua atenção ao Mensagens, o app que gerencia o SMS no Android.

A solução para resolver essa bagunça foi criar mais um app, claro: chamado de Chat, ele será uma tentativa de substituir o antigo e engessado protocolo de mensagens pelo RCS (Rich Communications Service), um padrão que suporta mais recursos do que o SMS. E nesse processo o Allo foi abandonado, cerca de dois anos após seu lançamento.

O que é o RCS? Pense nesse formato como um mensageiro instantâneo padrão, que funciona utilizando não a infraestrutura do Google, e sim a das operadoras de telefonia. Ele funcionaria da mesma forma que o SMS mas com muito mais recursos, suportando não só mensagens com mais do que 160 caracteres mas também transferências de arquivos, mensagens em áudio e vídeo, adesivos e tudo que WhatsApp, Telegram ou Messenger fazem.

A proposta do RCS é permitir que os usuários conversem entre si mesmo que utilizem operadoras diferentes (no Brasil Vivo, Oi e Claro já anunciaram que darão suporte ao padrão), mas ao invés de venderem caros pacotes de mensagens o tráfego será cobrado da franquia de dados, da mesma forma que já acontece com outros mensageiros instantâneos.

O Google pretende com o Chat oferecer um serviço padrão para todos os usuários, que deverão contar com recursos que as operadoras julgarão se devem ou não liberar (a ideia é oferecer tudo), com fabricantes como LG, Samsung, ASUS, HTC, Huawei, Alcatel, General Mobile, Lava, ZTE e Intex sendo os primeiros a desenvolver apps de mensagens compatíveis com o protocolo de comunicação (da mesma forma, o Mensagens do Google será preparado para operar com RCS). Assim, mesmo que o usuário não instale o Chat (que não deverá ter a marca do Google atrelada) ele terá suporte.

Se um usuário do Chat enviar uma mensagem a outro que não utiliza RCS, seja por conta da operadora ou do dispositivo, a mesma será convertida para um SMS normal. De certa forma é parecido com como o iMessage funciona, o que dá a entender que a Apple não deverá aderir ao protocolo por ter uma solução que já funciona para seus próprios dispositvos, mantendo suas mensagens em Rich Text restritas aos iGadgets. Para todos os demais, SMS.

O único ponto negativo é a privacidade: as regras são as mesmas do serviço tradicional de mensagens e logo, o Chat não contará com criptografia ponta a ponta como WhatsApp, Signal ou as conversas privadas do Telegram.


The Verge — Exclusive: Android’s last chance to fix messages

A mudança de foco do Google, que está concentrado em fazer o RCS finalmente pegar no tranco fez pelo menos uma vítima: o Allo, a tentativa de Mountain View em ter seu próprio mensageiro instantâneo e bater de frente com WhatsApp e cia. não deu muito certo. Além de ter chegado no fim da festa, a confusão dos apps (Allo, Duo, Hangouts, Mensagens) não ajuda em nada.

Isso fez com que a adesão ao app fosse muito aquém da esperada, e mesmo recursos interessantes como a integração com a Google Assistant, o suporte a adesivos e OCR não foram suficientes para mantê-lo minimamente operacional. Oficialmente o investimento na ferramenta foi “pausado”, embora não haja indícios de que seja retomado em algum momento; com todas as fichas no Chat e RCS, é possível que o Allo seja movido para suporte e correção de bugs, o que é uma forma de dizer que ele será mantido no respirador até ser desligado.

O Google não deu maiores explicações sobre o destino do Allo, mas pelo andar da carruagem tudo leva a crer que ele não vai durar muito; quanto ao Duo, que possui maior aceitação junto ao público por oferecer a funcionalidade de chat de vídeo, que nem todos os mensageiros instantâneos possuem (o WhatsApp e o Messenger contam com o recurso, já o Telegram não e demorou muito para introduzir chamadas de voz) pode durar mais um pouco ou mesmo ser expandido; uma solução interessante seria ele engolir o Allo, tornando-os uma coisa só e deixando o RCS como uma opção.

Sobre o Hangouts: embora ele  tenha perdido o suporte a SMS há tempos, ele é voltado a outros usos e é uma ferramenta mais especializada, principalmente por permitir a transmissão de chamadas de vídeo em grupo pelo YouTube (que liberou o Live para desktop via Chrome); a meu ver ele precisa apenas ser menos complicado.

Fonte: The Verge, aqui e aqui.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples