Acer apresenta o Chromebook Tab 10, o primeiro tablet com Chrome OS

acer-chromebook-tab-10-002

A Apple pode ter posicionado o novo iPad como uma alternativa à linha Chromebook para soluções educacionais, mas o Google e seus parceiros não vão facilitar: um dia antes a Acer apresentou o Chromebook Tab 10, o primeiro tablet do mercado a rodar o Chrome OS, o sistema operacional presente em cerca de 60% das salas de aula dos Estados Unidos.

A apresentação do novo tablet é semelhante ao do concorrente: o display é um LCD IPS com 9,7 polegadas, proporção 4:3 e resolução de 2.048 × 1.536 pixels (264 ppi), mas por dentro ele é equipado com o até então pouco conhecido OP1, um SoC produzido pela Rockchip (a mesma que fornece procesadores para o Rock64) totalmente otimizado para o dispositivo e que já havia sido incluído no Chromebook Plus da Samsung, um hexa-core com quatro núcleos Cortex-A53 e dois Cortex-A72 (não há informações sobre clock ou a GPU).

Ele conta com 4 GB de RAM, 32 GB de espaço interno expansível via cartão microSD de até 128 GB e câmeras principal de 5 megapixels, que filma em Full HD e selfie de 2 MP. A bateria é de 34 Wh, de até nove horas de autonomia e ele possui uma porta USB Type-C, mas apenas USB 2.0 mas que permite o carregamento de acessórios conectados.

acer-chromebook-tab-10-001

Na parte do sistema o Chrome OS é totalmente compatível com o vasto acervo de aplicativos disponíveis para Android, o que reforça a ideia de que o Google pode repensar totalmente sua estratégia para tablets e priorizar o sistema dos Chromebooks em vez do robozinho para a categoria, dada sua capacidade de processar apps em paralelo que é algo muito mais próximo de um desktop. Com um teclado e uma caneta stylus o ganho de produtividade é muito maior, e igualmente as possibilidades para a área educacional se tornam mais diversas.

A Acer estaria de olho nessa seara: o Chromebook Tab 10 é um produto leve, prático e que roda um sistema operacional pensado inicialmente para computadores, mas que se adapta perfeitamente para uso com tablets e que com os periféricos certos, oferece aos jovens um equipamento funcional e muito útil para a vida escolar.

acer-chromebook-tab-10-003

Isso posto, o grande diferencial em relação ao novo iPad é a inclusão de uma stylus da Wacom na caixa, que não precisa ser carregada e dispensa assim a necessidade de adquirir uma caneta à parte seja a Apple Pencil, seja outra qualquer outra como acontece com o novo tablet da Apple. Só isso representa uma economia considerável, mas por outro lado a Acer não lançará uma versão 4G/LTE e tal qual a maçã, não incluirá um teclado no kit.

O Chromebook Tab 10 será lançado nos EUA em abril por US$ 329, o mesmo preço do modelo de 32 GB do iPad 2018; já na Europa, África e Oriente Médio ele será lançado em maio apenas para escolas e instituições de ensino, por € 329 ou valores equivalentes. Não há previsão de quando (ou se) a Acer o trará para o Brasil.

Fonte: The Verge.

Relacionados: , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar