Programa Brasileiro na Antártica entrando numa fria (DSCLP)

2ae1e45ff8e863aabc312bfe8212fd85

AVISO: para melhor apreciar este texto abra este link com a trilha sonora recomendada.

O Brasil, você sabe, conseguiu a proeza de perder uma base para um incêndio em um continente basicamente coberto de gelo. Isso foi em 2012, e a reconstrução vem sendo empurrada com a barriga: agora, com sorte, a nova base deve ficar próxima até o final do ano que vem, a um custo de mais de US$ 121 milhões.

Só tem um problema: não há verba pra pagar os cientistas desse e de outros projetos.

Segundo apurou a Galileu, em 2013 o governo lançou um edital para bancar os custos de pessoal na Antártica até 2016, onde seria feito um novo edital. O valor em 2013 foram “incríveis” R$ 19 milhões, o que convenhamos é troco de pinga. Chegou 2016 e você soltou o tal edital? Pois é, nem o governo.

A explicação: a Base, a infra é bancada pelo Ministério da Defesa. Já o pessoal de pesquisa é bancado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (é, mudou de novo). Você sabe, aquele Ministério que já foi comandado por um sujeito que tentou promulgar uma Lei criminalizando Inovação, e que hoje é capitaneado pelo notório baluarte da Ciência Gilberto Kassab.

A nossa presença lá aliás não tem nada de “We ❤ Science”. Nós montamos uma presença científica por ser exigência do Tratado da Antártica, de 1961 e que nós assinamos em 1975. Sem essa presença perderemos o direito de explorar comercialmente o território no futuro.

Agora a quase inexistente verba está minguando, e não vai dar nem pra bancar o pessoal na Criosfera 1, esse puxadinho que o Brasil construiu mais pro interior.

cf1

Depois de muita pressão o Ministério diz que liberou R$ 7 milhões pros próximos três anos, ou seja: quase 3 vezes menos do que o liberado cinco anos atrás. Quais as chances de servir pra alguma coisa? O jeito vai ser cortar pesquisas, mandar menos gente e mais estagiários.

Só pra lembrar, o governo gastou em 2017 R$ 814,2 milhões com auxílio-moradia, entre beneficiários dos Três Poderes e agregados. E R$ 66 bilhões entre Copa e Olimpíada.

Pensando bem, a gente não somos inútil, a gente semo é muito otário mesmo.

Fonte: Galileu.


Leia também:

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples