Home » Games » Nintendo » Dark Souls no Switch deverá ser mais bonito que no PS3/Xbox 360

Dark Souls no Switch deverá ser mais bonito que no PS3/Xbox 360

Site estuda último trailer do Dark Souls Remastered para o Switch e chega a conclusão de que o jogo rodará com uma resolução maior do que a entregue pelo PlayStation 3 e Xbox 360.

2 anos atrás

Quando a Bandai Namco anunciou que lançaria uma versão remasterizada do Dark Souls, o que os donos de um Xbox One ou PlayStation 4 passaram a esperar foi por um jogo visualmente bem superior ao original. Porém, como o título também foi anunciado para o Nintendo Switch, será que no híbrido também teríamos um grande salto de qualidade?

Pois de acordo com o pessoal do Digital Foundry, o trailer exibido esta semana no Nintendo Direct mostrou que Dark Souls Remastered para o Switch deverá entregar uma experiência visualmente muito mais interessante do que aquilo que tivemos no Xbox 360 e no PlayStation 3.

Para começar, a editora promete que o jogo rodará em 720p quando o videogame estiver sendo usado de forma portátil e 1080p quando estiver no dock. Isso seria um salto considerável em relação ao original, que entregava uma resolução de apenas 1024x720.

No entanto, exceto por uma possível utilização de ambient occlusion, eles não conseguiram notar melhorias em outras áreas do jogo, dando a entender que ele não teria sido refeito com a engine do Dark Souls III. Esse rumor começou a circular recentemente e se ele for verdadeiro, talvez a mudança só tenha acontecido nas outras plataformas.

Ainda assim, é impressionante pensarmos em um Dark Souls rodando tão bem em um portátil e digo isso mesmo achando que esse não é o tipo de jogo que deva ser aproveitado numa tela pequena e fora de casa. Para mim, algo assim precisa da nossa total atenção e de ser experimentado com o maior nível de imersão possível. Ainda assim, se alguém quiser aproveitá-lo enquanto está na fila do banco ou dentro do ônibus, é bom saber que fará isso com um bom nível de qualidade.

É importante ressaltar apenas que todo o “estudo” feito pelo Digital Foundry se baseou em um vídeo, então pode ser até que a editora tenha maquiado a apresentação. Eu até imagino que isso não aconteceu, mas é sempre bom tomar um pouco de cuidado e esperar a versão final.

relacionados


Comentários