Fãs recriam o Doom como um jogo de plataforma 2D

minidoom2

Algumas franquias nunca tiveram medo de se aventurar por outros estilos, mas existe também aquelas que estão muito ligadas aos gêneros a que pertencem, praticamente tendo se tornado sinônimo de suas mecânicas. Um exemplo disso é o clássico Doom.

Pensar em um Doom que não funcione como um FPS chega a beirar a heresia, mas há alguns anos o pessoal do Calavera Studio decidiu recriar um dos títulos mais conhecidos do mundo como um jogo de plataforma em duas dimensões. Nascia ali o MiniDoom, uma homenagem em forma de paródia que funcionava mais como um conceito, mas que aos poucos foi ganhando corpo.

Eis que um bom tempo desde a revelação daquela criação, o estúdio formado por apenas duas pessoas consegue lançar o MiniDoom 2, uma atualização que traz muito mais conteúdo e diversas melhorias que tornaram o título digno de nota.

Com a aventura se passando por 17 estágios e trazendo dois novos chefes, o jogo conta ainda com mais de 40 minutos de trilha sonora pesada, além de 14 armas vindas de todos os capítulos da franquia e algumas secretas. Enquanto exploram as fases, os jogadores terão a oportunidade de desvendar segredos, tendo ainda a possibilidade de escolher entre cinco níveis de dificuldade e quatro modos de jogos.

Com um estilo visual que remete há época dos jogos 16 bits e uma jogabilidade que os criadores afirmam ter recebido inspiração de jogos como Contra e Metal Slug, o melhor de tudo é que o MiniDoom 2 pode ser baixado gratuitamente através da página do projeto.


JC Porcel — MiniDoom 2 Launch Trailer

Tirando a parte visual, tenho minhas dúvidas se o legado deixado pelo clássico consegue ser representado na jogabilidade do MiniDoom 2. Mesmo assim, achei que o resultado ficou muito bacana e acho que se fosse um jogo comercial, por um preço acessível ele até conseguiria fazer algum sucesso.

Relacionados: ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar