Home » Segurança » Saiba como acessar todos os dados que o Facebook mantém sobre você

Saiba como acessar todos os dados que o Facebook mantém sobre você

O arquivo de dados individual do Facebook revela uma atenção a detalhes quase patológica: rede social nunca deleta nada, mesmo quando solicitado e é capaz de traçar um perfil muito apurado sobre os hábitos de seus usuários.

2 anos atrás

A gente tem a consciência de que o Facebook sabe muita coisa da vida de seus usuários, ao realizar uma coleta massiva de dados com base nos Termos de Serviço e a integração da rede social a um sem número de sites, aplicativos, produtos e serviços. No entanto, poucos são aqueles que se dedicam a investigar o quanto a rede social sabe sobre nós.

Foi o caso de Georges Abi-Heila, que no mês passado publicou um artigo detalhando o que descobriu que passou despercebido até agora, quando foi republicado pelo site The Next Web. A bem da verdade qualquer um pode acessar todos os dados que o Facebook mantém sobre você a qualquer hora, só que a rede social não deixa isso muito claro. No artigo, Abi-Heila fez o procedimento e descobriu que a rede social sabe muita coisa sobre nós, para falar a verdade até demais.

Em primeiro lugar, para acessar seus dados você só precisa ir para a página inicial do Facebook, clicar na seta à direita do seu nome e entrar em Configurações, e na parte inferior clicar em "Baixar uma cópia de seus dados do Facebook". A partir daí é só seguir as orientações e após confirmar sua identidade, o Facebook vai mandar para seu e-mail um link para baixar o pacote. No meu caso, cuja conta foi criada em 2010 e que não é muito movimentada resultou num arquivo de 153 MB, mas o tamanho pode variar bastante.

O que ele contém é a parte bizarra da história: basicamente o Facebook é como a Cosa Nostra que não perdoa e nunca se esquece, todos os seus dados relevantes e mesmo informações triviais são mantidas eternamente mesmo que você desautorize o acesso. Ex-amigos, relacionamentos passados, empregos antigos, lista de contatos (se você autorizou o acesso, ela será mantida eternamente nos dados mesmo se você o revogar depois), fotos anteriores de perfil e capa...

Só que isso ainda é fichinha perto das informações mais suculentas: o Facebook mantém registro de todas as conversas do Messenger, postagens no Feed de Notícias (de qualquer tipo), todas as fotos e vídeos que você publicou com informações detalhadas, incluindo dados EXIF e localização, sabendo assim onde, como e com quem você capturou as imagens e mais: dados de sessão detalhados, com endereços IP também são arquivados.

Melhora: o Facebook possui um poderoso algoritmo de reconhecimento facial graças aos usuários, que marcam os amigos em fotos e por causa disso, segundo a rede social ela é capaz de identificar um indivíduo com 98% de precisão, em uma entre 800 milhões de fotos em menos de cinco segundos. E graças ao histórico ela mantém possíveis aparências suas ao longo dos anos, o que melhora em muito os algoritmos.

O arquivo também detalha quais empresas tem acesso aos seus dados, entretanto o Facebook nunca detalhou como vende esses dados e nem quais são oferecidos. No entanto, os arquivos HTML incluídos revelam que dados públicos como nome completo, idade, gênero, e-mail, cidade, estado, país, e-mail e número de telefone podem e serão coletados.

Cruzando todos esses dados, é seguro afirmar que dependendo de como você compartilha dados com o Facebook ele é capaz de traçar um perfil seu bem detalhado, com todos os seus costumes e hábitos íntimos: que horas você acorda e vai dormir, quanto tempo fica em trânsito, onde e com quem mora/trabalha/estuda, hábitos diários, etc etc etc.

Claro que tudo isso é previsto nos Termos de Serviço e nada do que o Facebook faz é ilegal, mas ainda é um tanto perturbador constatar que ele sabe muito, mas muito mais sobre nós do que qualquer um podia antecipar.

Fonte: The Next Web.

relacionados


Comentários