Home » Hardware e periféricos » MWC 2018 — G7 Neo, o smartphone premium supostamente descartado pela LG aparece em vídeo

MWC 2018 — G7 Neo, o smartphone premium supostamente descartado pela LG aparece em vídeo

Uma versão do G7, o smartphone de ponta que a LG teria descartado foi exposto na MWC 2018; aparelho conta com Snapdragon 845 e um notch, a lá iPhone X/Zenfone 5.

2 anos atrás

Às vezes é difícil entender o que acontece no mercado de dispositivos móveis. Não tem muito tempo a LG teria descartado completamente o G7, seu próximo smartphone de ponta por ordem do CEO Jo Seong-jin, que não gostou nada do projeto em desenvolvimento e teria mandado começar tudo de novo, o que cogita-se ser o tal "projeto Judy".

No entanto, em um cantinho totalmente oculto da MWC 2018 a companhia sul-coreana demonstrou um dispositivo aparentemente finalizado, que ninguém sabe com certeza que será ou não lançado e que sob todos os aspectos é o tal smartphone que teria sido jogado na lixeira, chamado LG G7 Neo.

A descoberta coube ao site israelense Ynet, que conseguiu gravar um vídeo do gadget em questão e testa-lo com bastante atenção. Você pode vê-lo em ação abaixo:


Concept Phones – LG G7 (Neo) Hands On

Como é possível notar no vídeo, a LG se manteve ao design que introduzir no LG G6 e desenvolveu um aparelho com bordas finas, porém uma decisão de design é bastante controversa: o notch, o famigerado entalhe que a Apple colocou no iPhone X e que a ASUS e Doogee copiaram respectivamente no eanFone 5/5Z e Doogee V está presente, mas de forma similar à companhia de Taiwan ele pode ficar oculto graças à área de notificação quando esta fica preta.

A parte traseira, no entanto é diferente do G6: ao invés de mais reta ela é curva, com aquele acabamento glossy que é um verdadeiro ímã para marcas de dedos. Com isso o G7 Neo fica muito parecido com outros produtos de concorrentes já disponíveis no mercado, o que não é uma decisão não muito esperta.

De acordo com o site israelense, o G7 Neo é um produto de ponta conforme a LG projetou para o início de 2018, sendo equipado com um SoC Snapdragon 845 da Qualcomm, 4 ou 6 GB de RAM e 64 GB de espaço interno (aparentemente haveriam duas versões, G7 Neo e G7 Neo+, onde a segunda contaria com mais RAM e 128 GB de armazenamento), conjunto de câmeras principal duplo com dois sensores de 16 megapixels, sendo um abertura f/1,6 e outro com abertura f/1,9, bateria de 3.000 mAh, porta USB Type-C e Android 8.0 Oreo.

Sob todos os aspectos, embora não fosse um smartphone fraco aparentemente os motivos que teriam levado à decisão de descarta-lo (se é que ele o foi mesmo) seriam especificamente as decisões de design, onde além de terem copiado o notch ele ficou parecendo outro smartphone premium qualquer, sem apresentar nada característico da LG.

Ao mesmo tempo, segundo o jornalista do site VentureBeat e nosso velho amigo Evan "evleaks" Blass, que possui contatos firmes na indústria este não só seria o tal smartphone que o CEO da LG jogou no lixo, como ele seria o único curioso aparelho em exibição no estande da LG:

A LG já estaria pronta não só para introduzir o G7 Neo sabe-se lá quando, se é que isso vai mesmo acontecer mas também já estaria encaminhando a apresentação do intermediário Q7 e do super premium V35, mas a essa altura é difícil saber o que a fabricante tem em mente. Caso o "Judy" seja mesmo verdade faz sentido a empresa não ter apresentado nada com pompa na feira, mas se o Q7 Neo foi mesmo descartado, o que ele estava fazendo na MWC 2018 ainda que "escondido"?

Enfim, várias perguntas cujas respostas só termos nos próximos meses, na melhor das hipóteses.

Fonte: Ynet (em hebraico).

relacionados


Comentários