Home » Games » Miscelâneas » Criador da série fala sobre o Diablo III

Criador da série fala sobre o Diablo III

Criador do Diablo diz o que achou do terceiro capítulo da franquia e ao contrário de muita gente, ele fez vários elogios ao título.

2 anos atrás

diablo-3

É engraçado como certos jogos conseguem dividir a opinião dos fãs e um dos casos recentes mais marcantes disso atende pelo nome Diablo III. Ao mesmo tempo em que vemos muitas pessoas que adoraram o jogo da Blizzard, muitas outras o odiaram, chegando até a considerá-lo uma ofensa à franquia.

Mas e o que pensa David Brevik, co-fundador da Blizzard North e criador do Diablo, sobre o título? Pois o site IGN aproveitou uma conversa com o game designer para tirar essa dúvida e eis o que ele respondeu:

Acho que o Diablo III acabou sendo um grande jogo, especialmente após a expansão. Penso que ela adicionou muitas coisas realmente excelentes que o desenvolveram, tornado-o um jogo muito melhor do que acho que ele era no lançamento. Acho que ele era um bom jogo no lançamento e acho que ele realmente sustentou o legado do Diablo.

O terceiro capítulo da série foi criado após Brevik deixar o estúdio, mas houve uma época em que ele esteve trabalhando no desenvolvimento de uma versão que acabou sendo cancelada. Segundo ele, a direção artística que a sua equipe estava adotando era bem diferente daquela que vimos na versão final do jogo, com a criação deles visualmente parecendo mais com o que tínhamos no Diablo II.

Estilos visuais a parte, o que mais me incomodou no Diablo III foi a ausência de liberdade ao evoluirmos o personagem. Para mim, seria muito melhor se o jogo contasse com uma árvore de habilidades, permitindo que o jogador construísse o seu personagem da maneira que desejasse e assim pudéssemos ter um guerreiro sensivelmente diferente daquele utilizado por outras pessoas.

Mas a minha relação com o Diablo III é curiosa. Durante muito tempo estive bastante ansioso para jogá-lo, a ponto de garantir uma cópia para PC durante a pré-venda. Porém, quando o disco chegou aqui em casa, só consegui terminar o primeiro capítulo e isso a duras penas. O game não conseguia me prender e cheguei a conclusão de que ele não era para mim. Um tempo depois tive acesso à versão para Xbox 360 e assim que o coloquei no console, só consegui parar de jogar após ver os créditos subindo pela tela.

Acho incrível como usando um controle o Diablo III me pareceu um jogo bem diferente daquele que havia experimentado no computador e acho uma pena a Blizzard não ter adicionado suporte a gamepad na versão para PC, pois acho que sem ele nunca voltarei a jogar nesta plataforma.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários