Finja surpresa: os primeiros smartphones com leitor de digitais na tela são da China

smartphone-fingerprint-scanner-display

Não é de hoje que ouvimos falar de empresas estudando introduzir smartphones com o leitor de impressões digitais posicionado sob o display, de modo tanto a poupar espaço como para apresentar um design mais limpo. A Samsung por exemplo gastou muito com P&D de modo a introduzir o recurso no Galaxy Note8, mas não conseguiu. A Apple, por sua vez abriu mão do componente em prol do Face ID no iPhone X, uma solução mais instável mas não era desejo da maçã deslocar o leitor para a parte de trás, e os resultados de telas com o componente embutido não agradaram.

Dizem que os primeiros modelos de teste de smartphones com o sensor biométrico sob a tela sofriam de distorções cromáticas severas, ao ponto de o componente ficar bastante destacado e isso teria levado Apple e Samsung a desistirem, esta última temporariamente. Porém os chineses, sempre eles acreditam que é possível tornar o recurso viável e estão estudando intensamente em meios de implementá-lo de forma orgânica e satisfatória em novos modelos.

A primeira a apresentar um modelo funcional foi a Vivo (não a operadora) durante a CES 2018, o chamado X20 Plus UD foi uma colaboração entre a fabricante e a Synaptics, uma empresa norte-americana especializada em sensores biométricos. Elas desenvolveram em conjunto um novo tipo de sensor que funciona preenchendo os vãos em uma tela OLED e tão somente, não é possível utilizá-lo com um LCD por conta da exigência de backlight. O resultado pode ser visto no vídeo abaixo e de acordo com as informações coletadas da parceria da Synaptics com a Samsung, a tecnologia melhorou muito nos últimos meses:


The Verge — Vivo on-screen fingerprint sensor hands-on

O X20 Plus UD foi lançado no fim de janeiro apenas na China, por um valor equivalente a R$ 1.869,00 e por enquanto não possui concorrentes diretos, mas a também chinesa DOOGEE já está preparando um smartphone similar: chamado de “DOOGEE V”, o protótipo que já andou vazando aqui e ali surgiu em um vídeo recente demonstrando sua capacidade de reconhecer digitais através da tela, porém o reconhecimento é um pouco mais lento do que o visto no concorrente da Vivo.

Por se tratar de um aparente vazamento de um produto ainda em fase de desenvolvimento, é possível que o “DOOGEE V” demore um pouco mais a chegar às lojas chinesas mas não muito mais, até para não perder o mercado para a Vivo ou permitir que outras companhias chinesas passem na sua frente; é bem provável que Xiaomi, Huawei e outras também estejam de olho na biometria sob o display.


AndroidHits — Leak Video: DOOGEE smartphone with in-screen fingerprint scanner

E a Samsung, onde entra nessa história? Sabe-se que a parceria com a Synaptics previu inicialmente que o leitor de impressões digitais seria introduzido sob a tela no Galaxy Note8, e depois da mudança de planos rumores apontavam para seu lançamento no Galaxy S9, mas a verdade é que a companhia sul-coreana anda um tanto cautelosa quanto a apresentar a novidade. Porém, visto que a parceira apresentou um bom resultado com o smartphone da Vivo e levando um conta uma recente patente que vazou, tudo leva a crer que o Galaxy Note9 será o primeiro smartphone de alcance global a contar com um sensor biométrico no display.

Se o reconhecimento das digitais for tão preciso quanto o é através do componente tradicional, a Samsung poderá abrir caminho para novos smartphones com o feature e uma consequente maior adoção do OLED como tecnologia de tela em smartphones, já que o LCD não é capaz de fazer o truque funcionar. Aguardemos.

Fontes: The Verge, Phone Arena e Android Hits.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar