Apple comemora as festas de fim de ano: vendeu 77,3 milhões de iPhones no trimestre

Laguna_Tim_Cook_CNN_Money

A Apple acaba de divulgar o relatório financeiro do primeiro trimestre fiscal de 2018 (Q1 FY 2018): são as treze semanas que compõem o período compreendido entre 1º de outubro e 30 de dezembro.

No Q1 FY 2018 a Apple teve receita de 88,3 bilhões de dólares (alta de 13% em relação a Q1 FY 2017), com lucro de US$ 26,3 bilhões (+ 13%). De onde veio esse dinheiro?

Bom, ao menos US$ 61,6 bilhões vieram das vendas de “apenas” 77,3 milhões de unidades da linha iPhone, nas 13 semanas finais de 2017 (Q1 FY 2018). Temos portanto uma leve queda de 1% no número de aparelhos vendidos em relação ao mesmo período do ano anterior, mas a arrecadação aumentou 13% em relação ao trimestre equivalente em 2016. Temos uma arrecadação média geral de US$ 796 por aparelho.

Culpado? O preço maior do iPhone X, claro: o aparelho, que para o tio Laguna é beta, fez sucesso sim. Aliás, é interessante notar que a indústria de smartphones teve queda de 9% nas vendas no quarto trimestre de 2017 mas a Apple liderou as vendas mundiais do setor no período. Parece que iPhone é um bom presente natalino na civilização.

A linha iPad respondeu por uma receita de US$ 5,9 bilhões; correspondente à venda de “apenas” 13,2 milhões de unidades. Houve portanto um aumento de 1% nas vendas e 6% de aumento da receita em relação ao ano anterior (Q1 FY 2017). Temos uma média geral de US$ 447, então o tio Laguna conclui que tablets no mundo civilizado ou são iPad ou são xing-ling. ← hipébole, ok?

A linha Mac gerou US$ 6,9 bilhões de receita (– 5% em relação a Q1 FY 2017), com as vendas de 5,1 milhões de unidades (– 5%).

Os 240 milhões de assinantes de serviços como o Apple Music e iCloud fizeram a Maçã de Cupertino arrecadar US$ 8,5 bilhões (alta de 18% em relação a Q1 FY 2017).

Por fim, outros produtos (incluindo a linha iPod) responderam pelos US$ 5,9 bilhões restantes da receita global da Apple no quarto trimestre de 2017. Alta de 36% na arrecadação.

Convergindo todos esses números, temos na Apple uma empresa que realmente vale os 861,75 bilhões de dólares que dão nela. Por mais que eu deteste certas coisas atuais na Apple, é a maçã mais valiosa do mundo.

Fontes: Apple Insider e BBC.

Relacionados: , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples