Lightroom 7.2 — mais rápido (mas não muito)

lightroom-7-2

Eu acho que essa história não vai ter fim nunca, pelo menos para quem é um mero mortal com um computador normal. Todo mundo sabia que o Lightroom 6 era uma carroça do ponto de vista do desempenho. A versão 6 trouxe muitas inovações, mas era extremamente mais pesada do que a versão anterior. Em 2017 a Adobe veio a público para admitir o que todo mundo já sabia: o Lightroom é lento. Depois desse momento de iluminação da empresa várias promessas foram feitas. A próxima versão vai ser mais rápida, mais bonita, mais brilhante, mais mortal. Ou seja, vamos fazer e acontecer.

O Lightroom Classic chegou e ninguém ficou tão animado assim quando o programa começou a rodar nas máquinas. Eu mesmo me arrependi em ter atualizado. Além de lento o programa dava umas travadinhas muito chatas em alguns momentos. Comentei com alguns amigos se todos estavam tendo a mesma impressão e muitos concordaram. Mas, não havia ainda um teste prático mostrando os problemas. Essa semana a Adobe veio novamente a público e admitiu que não conseguiu cumprir todas as promessas que fez para seus clientes. E a solução?? Mais uma grande atualização do programa. O Lightroom 7.2 deve chegar em breve e a empresa garante que tudo vai melhorar. Será?

A Adobe afirma que fez uma parceria com a Intel para trabalhar em formas de otimizar o desempenho do Lightroom junto ao processador e junto a memória RAM da máquina. A empresa fez testes de benchmark em computadores com PC e Mac e garante um aumento de desempenho. Segundo eles exportar 100 fotos RAW ficou 29% mais rápido. Converter arquivos RAW para DNG ficou 65% mais rápido. Porém, e sempre tem um porém, a Adobe fez testes com máquinas com 8 núcleos com 32 GB (Mac) e 64 GB (PC) de memória RAM. A próxima atualização é orientada para máquinas multi-core com pelo menos 12 GB de RAM. A Adobe afirma que essa é a configuração média que seus clientes estão utilizando e parou de mirar em quem tem máquina pobre. Se você tem uma configuração inferior, não deve sentir diferença no desempenho.

O Dpreview teve acesso antecipado ao Lightroom 7.2 e fez testes com uma configuração que eles acham mais próxima do que um fotógrafo profissional (americano) ou entusiasta (americano) está utilizando. Um MacBook Pro de 2015 com 15 polegadas. Especificamente, um modelo Retina com processador 2,2 GHz quadcore Intel Core i7, 16 GB de RAM e Intel Iris 5200 cartão gráfico PRO. Fazendo os mesmos testes com essa configuração mais “modesta” o Dpreview conseguiu um ganho de desempenho de apenas 11% de velocidade comparando as duas versões do Lightroom.

Ou seja, se você ainda está com uma configuração bem mais humilde, não espere muita coisa da próxima atualização do Lightroom. Se quer ganhar desempenho o interessante é ficar com a versão 6 ou montar um computador de 6 mil dólares.

Relacionados: , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples