Home » Games » Cultura Gamer » Comércio de jogos ofensivos poderá ser crime

Comércio de jogos ofensivos poderá ser crime

9 anos e meio atrás

Há pouco saiu no site do Senado uma notícia dizendo que foi aprovado um projeto de autoria do senador Valdir Raupp (PMDB-RO) que classifica como crime distribuir, fabricar ou importar jogos ofensivos.

Desta forma, quem adquirir um título que vá contra "os costumes e às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos", estará cometendo um crime equivalente ao de preconceito, podendo cumprir pena de um a três anos de reclusão.

Segundo o relator Valter Pereira (PMDB-MS), "alguns jogos têm passado de brincadeiras de mau gosto, sendo arsenal de propaganda e doutrinação contra determinadas culturas, não sendo possível confundir liberdade de expressão dos jogos com culto à anarquia, desrespeito à imagem e honra das pessoas e aos cultos com suas liturgias."

Fico me perguntando quem decidirá se o jogo que importei, por exemplo, é ofensivo (e a quem?) e juro que tentei encontrar palavras decentes para dizer o que penso, mas não consegui, então deixo os comentários para vocês, mas veja lá o que vai dizer, hein?

dori_pre_01,12,09

[via Twitter da Suzana Bueno]

relacionados


Comentários