David Gilmour — Live at Pompeii

david-gilmour-live-at-pompeii

Como as coisas mudam. Quando eu era adolescente a coisa mais difícil para quem gostava de rock era achar um VHS de show oficial para comprar. Ninguém vendia isso no Brasil e as versões importadas eram muito caras. Então a gente se contentava apenas com o disco ao vivo mesmo. Hoje isso mudou. Se o show não foi lançado no Brasil você pode comprar uma versão importada quase ao mesmo tempo do lançamento em terras civilizadas. E foi isso que aconteceu com esse novo show de David Gilmour.

Depois do lançamento de seu último disco de estúdio, o fenomenal Rattle That Lock, David Gilmour se aventurou por um projeto que tem a cara de sua carreira solo e até das apresentações megalomaníacas do Pink Floyd. O guitarrista começou a tocar uma série de concertos em locais históricos em todo o mundo. Nos dias 7 e 8 de julho de 2016, David Gilmour realizou dois espetáculos no lendário Anfiteatro de Pompéia à sombra do Monte Vesúvio. Os concertos foram as primeiras performances de rock tocadas para uma audiência no antigo anfiteatro romano, construído em 90 aC e sepultado em cinzas, quando o Vesúvio entrou em erupção em 79 dC. Na verdade, David Gilmour é o único artista a tocar para uma platéia na arena desde a época dos gladiadores, há quase 2.000 anos.

davidgilmour_liveatpompeii

O show foi lançado em várias versões e a que tenho em minhas mãos é o Blu-ray. A qualidade da imagem é fenomenal, o que só realça a beleza da paisagem (o pôr-do-sol com o Monte Vesúvio ao fundo) e o incrível show de luzes e efeitos da apresentação. Nesse ponto o show segue a cartilha do Pink Floyd. Vários instrumentistas ajudam na criação das poesias musicais, 3 vocais auxiliares, um milhão de luzes e cores e o já tradicional telão redondo ao fundo. Existem duas opções de áudio. Você pode assistir ao show em som estéreo ou em 5,1 canais. Os audiófilos que me perdoem, mas esse show merece ser ouvido em 5,1 canais para você sentir toda sua força.

Os dois discos possuem um repertório bem eclético. David Gilmour não se rende totalmente ao passado no Pink Floyd, mas não o esquece. Os fãs do passado vão se deliciar com The Great Gig In The SkyWish You Were HereMoneyOne Of These DaysComfortably NumbShine On You Crazy DiamondRun Like Hell. E, antes que perguntem, não tem Another Brick in the Wall. E os fãs mais novos vão adorar as composições dos trabalhos mais recentes como Rattle That Lock, On An Island, Faces Of Stone e In Any Tongue.

A execução das músicas beira a perfeição, a interpretação em algumas faixas é tão emocionante que os olhos ficam úmidos e, acima de tudo, o vocal de David Gilmour continua forte, certeiro e melódico, embora notemos o efeito da idade em alguns pontos. Para quem gosta de rock progressivo ao estilo do Pink Floyd esse show é um grande presente. Indicado para quem quer curtir um momento de total viagem musical.


David Gilmour – In Any Tongue (Live At Pompeii 2016 Excerpt)

Live at Pompeii foi lançado em DVD Duplo, CD Duplo e Blu-ray. Também existem versões especiais combinando DVD e CD e BD e CD e a versão com 4 discos de vinil. O meu Blu-ray eu comprei no Mercado Livre e o valor ficou em R$ 165,00. Um investimento alto, mas vale a pena. Provavelmente o preço entre em patamares mais aceitáveis com o lançamento de versões nacionais mais baratas.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar