Quase cinco anos depois, série de TV baseada em Halo continua em desenvolvimento

Há um termo utilizado pela mídia de massa e desenvolvimento que se chama “vaporware”. Ele diz respeito a produtos ou obras sejam de TV, games, cinema, música ou coisa que o valha cuja produção se estende por mais tempo do que deveria, por uma série de fatores mas o principal é que ele simplesmente não existe; nunca saiu do papel, foi sendo empurrado com a barriga por anos e o estresse de cancela-lo seria maior do que coloca-lo em produção ativa de fato.

A série de TV baseada na franquia Halo se encaixa perfeitamente nessa categoria. Anunciada na E3 2013, a notícia causou alvoroço principalmente por contar com o envolvimento de Steven Spielberg na produção, e de lá para cá muita coisa mudou. Em 2014 uma grande reestruturação interna na Microsoft levou ao fechamento do Xbox Entertainment Studios e sendo bastante sincero, o foco de Redmond se concentra hoje em nuvem, IA, aprendizado de máquina e ambientes corporativos.

Não é por bondade ou reconhecimento das capacidades de Phil Spencer que ele passou a comandar sozinho a divisão Xbox, se reportando somente à Satya Nadella: dissocia-la da divisão de Windows e Dispositivos, chefiada por Terry Myerson torna esta mais livre para trabalhar mais e melhor com o que realmente importa para a Microsoft. E não são os games.

Isso posto, a série de Halo que seria produzida pela Microsoft em parceria com o canal Showtime não deu muitos sinais de vida com o passar dos anos. Em 2016 Spencer afirmou que ela não havia sido cancelada, e em julho último a companhia deu nova declaração confirmando que ela continuava em produção. O problema, ninguém nunca viu nada sobre essa série e Spielberg tem outras prioridades, desde Jogador Nº 1 à nova versão de Amazing Stories, que será exclusiva da Apple.

Agora foi a vez de David Nevins, CEO do Showtime falar sobre a série. Durante a turnê de inverno da imprensa da Associação de Críticos de Televisão, o executivo foi questionado a respeito do real estado da série de Halo e esta foi sua resposta: “ela ainda está em desenvolvimento ativo”. E tão somente.

Gary Levine, presidente de programação da emissora foi um pouco menos evasivo, mas igualmente vago:

“Ela absolutamente ainda está em desenvolvimento, continuamos seguindo em frente e estou empolgado com o que vi até agora.”

As declarações dos executivos da Showtime soam mais como uma tentativa falha de tranquilizar o público e os críticos, já que em quase cinco anos de conversa fiada e considerando o fraco retorno da série Halo Nightfall, mesmo contando com um nome de peso na produção como Ridley Scott, tanto a emissora quanto a Microsoft não estão nem um pouco preocupados em tocar o projeto adiante. E enquanto isso Spielberg se ocupa com projetos mais urgentes.

O que podemos dizer é: não espere pela série de TV de Halo para tão cedo, ou mesmo para mais tarde. E é bom permanecer sentado.

Fonte: TV Guide.

Relacionados: , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar