Rapidinhas de teasers — Máquinas Mortais, O Quebra-Nozes e Turma da Mônica na CCXP 2017

mortal-engines

O ano de 2018 vem aí e com ele, várias novidades de entretenimento no cinema, TV e internet. Além de uma série de atrações reveladas ao público brasileiro na CCXP 2017, a Universal e a Disney revelaram nesta semana mais dois teasers de suas próximas atrações para a telona. Vamos dar uma olhada no que vem por aí:


Máquinas Mortais

O filme marca o retorno de Peter Jackson aí cinema, mas desta vez como produtor e roteirista, ele assina a história com Fran Walsh e Philippa Boyens baseada na quadrilogia de livros de Philip Reeve, ambientada num futuro distópico onde uma “Guerra de Sessenta Minutos” devastou e bagunçou completamente o ecossistema da Terra, e de modo a permitir que Londres escapasse de furações, vulcões e terremotos um um nômade a tornou uma metrópole móvel, capaz de canibalizar outras cidades em busca de recursos e escravos.

Para as outras cidades sobreviverem à cidade-predadora Londres quase todas as restantes do globo se mecanizaram, dando início ao que foi chamado de “Darwinismo Municipal”. Sim, uma viagem completa. A direção é de Christian Rivers, colaborador de Jackson na hexalogia da Terra-média.

O elenco conta com Hera Hilmar (a Vanessa Moschella de Da Vinci’s Demons), Robert Sheehan e Hugo Weaving, entre outros; a estreia está prevista para o dia 13 de dezembro.


Máquinas Mortais – Trailer Oficial (Universal Pictures) HD

Em tempo: os livros de Philip Reeve foram publicados no Brasil pela Editora Novo Século anos atrás, mas apenas os três primeiros; as chances deles serem relançados e a série ser enfim completa por causa do filme são grandes, então vamos torcer.

O Quebra-Nozes e Os Quatro Reinos

Agora está explicado por que Solo: Uma História Star Wars tem data de lançamento agendada para maio e não dezembro: a Walt Disney Pictures vai lançar uma nova produção temática a tempo do Natal de 2018. Afinal, se há uma história que absolutamente não pode ser contada em outra época é O Quebra-Nozes.

A história de E.T.A. Hoffman, famosa graças ao espetáculo do balé de Natal ganha nova roupagem em O Quebra-Nozes e Os Quatro Reinos, em que a jovem Clara e seus irmãos ganham um boneco Quebra-Nozes de presente e se envolvem em um guerra contra um rei rato de sete cabeças. O filme promete exibir o lado mais sombrio do conto, a exemplo do que já foi feito na série Alice de Tim Burton.

O elenco conta com Mackenzie Foy (a Murphy de Interestelar e a Nessie Cullen da saga Crepúsculo) no papel da protagonista Clara, Helen Mirren como Mother Ginger, Keira Knightley como a Fada Açucarada e Morgan Freeman como o padrinho Herr Drosslmeyer.

A Disney não revelou a data de estreia mas sinceramente, não precisa.


Walt Disney Studios BR — O Quebra-nozes | Teaser Trailer

CCXP 2017 — novidades da MSP

Voltando um pouco à CCXP 2017, o painel da Mauricio de Sousa produções trouxe um caminhão de novidades referentes a seus próximos empreendimentos fora dos quadrinhos. Após ensaios em produções curtinhas e mais limitados, como o fofo Mônica Toy o estúdio vai a partir de 2018 meter os dois pés na porta, lançando várias animações para diversas faixas etárias. Um dos possíveis motivos para essa mudança de abordagem talvez seja o crescente número de desenhos animados produzidos por aqui, alguns com excelente qualidade como o hilário Irmão do Jorel, co-produção da Copa Studio com o Cartoon Network.

Começando com uma produção para crianças na fase de alfabetização, a MSP revelou Vamos Brincar!, em que os personagens aparecerão como bebês e vão abordar temas educacionais, tendo sido desenvolvida totalmente em CGi. A animação estreia em 2018, ainda sem data definida e contará com inicialmente 52 episódios.


Turma da Mônica — Vem aí… Vamos Brincar! Nova animação da MSP (teaser)

O outra animação mais adiantada, que também dará as caras no ano que vem também conta com a Cartoon Network como parceira: Bairro do Limoeiro, originalmente revelada na CCXP 2016 terá um tom mais cômico e caótico puxado para as primeiras histórias da turminha, e por isso mesmo o traço remete àquela época com Mônica e cia. exibindo as famigeradas bochechas pontudas.

Neste ano o painel revelou mais um gostinho de como o desenho será além de anunciar os dubladores dos protagonistas; na verdade eles são os mesmos de sempre há décadas, mas é sempre bom lembrar para quem não conhece:

  • Mônica: Marli Bortoletto (Angélica em Rugrats: Os Anjinhos e Hilda de Polaris nas duas dublagens d’Os Cavaleiros do Zodíaco, entre outros; ela também emprestou sua voz à Serena/Usagi Tsukino na primeira dublagem de Sailor Moon);
  • Cebolinha: Angélica Santos (Oolong em Dragon Ball e Kevin Arnold em Anos Incríveis, entre outros);
  • Cascão: Paulo Cavalcante (nunca fez muita coisa em dublagem, o único outro personagem listado é o Max de Crayon Shin-Chan);
  • Magali: Elza Gonçalves (também não fez outra coisa em dublagem fora a comilona).


Turma da Mônica — Atores de voz do Bairro do Limoeiro, a nova animação da MSP (teaser)

Só para não passar em branco, segue o primeiro teaser revelado na CCXP 2016:


Turma da Mônica — Bem vindos ao Bairro do Limoeiro! Nova série estreia em 2018, na Cartoon Network!

A terceira animação da MSP que estreia também em 2018 é Biduzidos, uma produção também para crianças pequenas focada nos bichinhos de estimação da turminha: Bidu, Floquinho, Chovinista, Giselda e Mingau. Pense na série Pet Avengers da Marvel, mas sem superpoderes.


Turma da Mônica — Vem aí… Biduzidos! Nova animação da MSP (teaser)

Por fim os mais velhos terão duas séries: Turma da Mônica Jovem estreia em 2018 também no Cartoon Network (o trailer ainda não foi liberado) e o Astronauta ganhará uma mini-série, inspirada nas Graphic Novels de Danilo Beyruth Magnetar, Singularidade e Assimetria; inicialmente ela contará com seis episódios e ainda não possui data de lançamento, mas o teaser já deixa claro que será um produto mais sério e menos cômico tal qual as edições de luxo (e a quarta GN já foi confirmada):


Turma da Mônica — Vem aí… Astronauta! Nova animação da MSP (teaser)

Considerando que Beyruth já era um artista de mão cheia e conta com excelentes trabalhos autorais como Bando de Dois e Necronauta, nada mais justo que um trabalho seu tenha tal reconhecimento e que Astronauta lhe sirva como um trampolim para voos ainda mais altos.

No fim das contas, muita gente esperou anos para ver os personagens de Mauricio de Sousa invadirem a tela e agora, a MSP parece ter finalmente encontrado a fórmula de como fazê-lo de uma maneira correta e permanente. Aguardemos.

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar