Obsidian diz que próximo jogo não terá microtransações

pillars-of-eternity-2

Na semana passada a Take-Two anunciou a criação da Private Division, novo selo que será dedicado a publicação de títulos independentes. Entre as parcerias reveladas para a iniciativa estava a Obsidian Entertainment, desenvolvedora bastante conhecida pelos RPGs de qualidade que produz.

A princípio a novidade deveria ser comemorada por todos os fãs, afinal isso garantiria a criação de novos jogos, mas devido a um comentário feito recentemente pelo CEO da Take-Two, onde ele dizia que todos os futuros jogos da editora apelariam para o “gasto recorrentes do consumidor”, a preocupação com microtransações logo veio à tona.

Sabendo que esta é uma mancha que poderia acompanhar o novo projeto por muito tempo, na tentativa de tranquilizar os jogadores o estúdio tratou de publicar uma mensagem no seu fórum. Ela diz o seguinte:

O que queremos é falar sobre uma questão que muitos de vocês tem levantado: ‘o seu próximo jogo contará com algum tipo de lootboxes ou microtransações?’

A resposta é simplesmente: ‘não.’ Nenhuma microtransação de qualquer tipo em nosso jogo.

A nota ainda defende a parceria com a Private Division, dizendo que eles estão longe de pressionar a equipe da Obsidian por qualquer tipo de coisa, além de estar lhes dado total liberdade criativa, apoiar a visão da desenvolvedora e a maneira como criam seus RPGs.

Quanto ao jogo em si, os funcionários da Obsidian continuam mantendo-o em segredo. O que sabemos por enquanto é que o desenvolvimento contará com a colaboração de Leonard Boyarsky e Tim Cain, dois dos principais responsáveis pela franquia Fallout. Segundo Boyarsky, que também trabalhou no Diablo III, ele vinha sentido falta de trabalhar em um RPG single-player cheio de profundidade, que nos desse várias opções e cuja história fosse alterada por nossas ações.

O mais provável então é que esse novo projeto da Obsidian siga os passos de suas últimas criações do estúdio, como o Pillars of Eternity e o Tyranny. No entanto, o fato é que, independentemente do que eles estiverem tramando, deverá ser o suficiente para chamar a atenção de muita gente. Ainda mais sem microtransações.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar