Home » Pop » YouTube » Google vai bloquear o YouTube em dispositivos da Amazon por falta de “fair play”

Google vai bloquear o YouTube em dispositivos da Amazon por falta de “fair play”

Google vai bloquear o YouTube no Amazon Echo Show e no Fire TV Stick a partir de 2018; motivo: empresa se recusa a desenvolver um app em conjunto e utiliza método ilegal de acesso à plataforma.

1 ano e meio atrás

amazon-echo-show-youtube

O Google não gosta que parceiros disponibilizem o acesso a suas plataformas em seus dispositivos de maneiras alternativas. Por causa de coisas do tipo a gigante já se desentendeu feio com a Microsoft, porque essa disponibilizou apps piratas do YouTube no Windows Phone enquanto ela nunca desenvolveu um próprio; moral da história: o sistema móvel de Redmond morreu sem um app oficial.

Agora estamos vendo a novela se repetir com outro antagonista, a Amazon. A bem da verdade a quizumba não envolve um app pirata mas algo semelhante, o acesso à API do YouTube por pelo menos dois dispositivos da empresa de Jeff Bezos, o Echo Show e o Fire TV Stick de forma ilegal em vez da maneira endossada por Mountain View. Segundo informações dadas por um porta-voz do Google, a Amazon se recusa a entrar em um acordo oficial que lhe permita acessar o YouTube de maneira legal e correta, em vez disso ambos os dispositivos exploram um “hack” que lhes permite distribuir os vídeos de maneira aparentemente oficial.

Na verdade, o que acontece hoje é consequência de um bloqueio anterior: meses atrás o Google já havia barrado o acesso à plataforma porque os ditos dispositivos não estariam exibindo as propagandas dos vídeos de forma correta. Com o YouTube tradicional bloqueado, a parceira encontrou uma maneira de acessar a versão web do serviço e exibi-la em seus aparelhos. Só que agora veio o banhammer: a partir de 1º de janeiro de 2018 tanto o Echo Show quanto o Fire TV Stick perderão o acesso ao YouTube de forma definitiva, ao menos enquanto a Amazon não se emendar e parar de violar os Termos de Serviço quanto ao acesso à API.

Vale lembrar que a Amazon não é lá muito boa em fair play: embora a loja se comporte como um marketplace, que em teoria deveria vender de tudo ela se reserva no direito de dar prioridade a seus próprios produtos, e por isso ela não comercializa dispositivos de seus principais concorrentes: o Chromecast e a Apple TV, entre outros foram sumariamente banidos e mesmo terceiros não podem oferecê-los. A Apple, que também não leva desaforo para casa respondeu à altura e manteve o app da Amazon Prime Video longe de seus dispositivos por muito tempo, e ele só chegou à Apple TV ontem.

Só que enquanto a Apple reata com a Amazon, o Google dá uma banana a Bezos e pede o boné de volta.

Fonte: BBC.

relacionados


Comentários