Home » Games » Miscelâneas » Fãs protestam contra microtransações no FIFA 18

Fãs protestam contra microtransações no FIFA 18

Grupo lança campanha para que jogadores boicotem o FIFA 18 e além de reclamar de mudanças na jogabilidade, eles pedem um modo FUT mais “honesto”.

1 ano e meio atrás

fifa-18

E depois das ondas de reclamações que atingiram o Star Wars Battlefront II e o Need for Speed Payback — e pelo menos em parte surtiram algum efeito (aqui e aqui) — outro jogo da Electronic Arts entrou na mira dos jogadores, o FIFA 18.

Tudo começou com uma campanha no Reddit chamada #FixFifa, onde a intenção era exigir que a editora corrigisse uma série de pontos que o autor considera como inaceitáveis. Segundo ele, hoje o jogo é muito diferente do que tínhamos quando foi lançado, com a jogabilidade tendo se tornado mais lenta, os goleiros passando a defender todos os chutes e o título deixando de ser competitivo e divertido.

Além disso, a pessoa afirma que a EA só tem se preocupado com o modo FUT e as microtransações presentes nele, não tendo trazido praticamente nenhuma novidade para o resto do jogo e com a taxa de encontro de bons jogadores nos pacotes de cartas tendo se tornado muito injusta. Isso estaria fazendo com que gastar dinheiro para montar bons elencos seja quase obrigatório.

De acordo com um comentário feito pelo usuário SSROCK, é possível que uma pessoa consiga bons jogadores tendo gasto apenas US$ 1,50; enquanto outras que investiram centenas de dólares saíram sem nada relevante. Ele ainda diz que aqueles com os melhores times gastaram mais de US$ 8.000, o que seria uma absurdo ainda mais em se tratando de um jogo que recebe uma nova edição todo ano.

A campanha então decidiu criar um abaixo assinado e em menos de 72 horas mais de 27.000 pessoas já haviam aderido. Por lá os responsáveis listam diversas mudanças que precisam ser feitas nos jogos, incluindo as que citei anteriormente e sugere que no dia de hoje (Black Friday), ninguém compre nada dentro do game.

Estou curioso para ver como a EA reagirá a este movimento, sendo que recentemente o diretor financeiro da empresa disse que o modo Ultimate Team viu um aumento significativo nos últimos meses e consequentemente fazendo com que os jogos de esporte da editora se tornassem uma das suas principais fontes de renda.

Como nunca consegui gostar do FUT, não posso dizer se tais reclamações são válidas ou se este pessoal só está aproveitando o embalo. Já em relação a jogabilidade ter piorado, disso discordo, ficando até mesmo com a sensação de que os reclamantes estão até falando de outro jogo.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários