Dontnod não lançará DLCs para o Vampyr

vampyr

A Dontnod pode não ser um dos maiores ou mais conhecidos estúdios do planeta, mas com o Remember Me e o Life Is Strange eles já mostraram que sabem contar boas histórias e que não se incomodam de buscar novas ideias. Por isso o próximo projeto deles tem despertado a curiosidade de muita gente e para aqueles que não gostam de DLCs, acaba de chegar uma boa notícia.

Quem falou sobre a intenção de não lançar conteúdo adicional para o Vampyr foi Cédric Lagarrigue, presidente da editora Focus Home Interactive.

Essa é uma experiência puramente solo: nós não planejamos DLCs. Preferiríamos, se a recepção pelo jogo justificar isso, pensar em uma sequência. Nós e a Dontnod já temos algumas ideias, pois há tantas coisas a oferecer em um universo como este.

Mas o que seria uma boa recepção? Pois na opinião do executivo, se levarmos em consideração o investimento feito, algo em torno de um milhão de cópias vendidas faria do jogo um sucesso, com metade disso já sendo o suficiente para que ele se tornasse lucrativo.

Muitos poderão considerar tais números um tanto baixos, mas isso se deve ao fato do Vampyr se situar entre um título de grande porte e um independente. Isso pode até causar alguma dúvida nos interessados, mas Lagarrigue garante que o jogo poderá ficar tranquilamente numa prateleira ao lado dos blockbusters. Segundo ele, algo que tem permitido que jogos de médio porte façam sucesso é a distribuição digital, com lojas como o Steam nos dando acesso a “novas experiências, originalidade e uma direção menos genérica.

Recentemente a Ninja Theory foi muito elogiada por apostar em algo assim com o Hellblade, lançando um jogo indie com cara de superprodução e cujo conceito provavelmente não seria aprovado por grandes distribuidoras. Talvez esta seja justamente a melhor saída para estúdios que queiram continuar criando campanhas single-player e por gostar tanto delas, torço muito para que o Vampyr também consiga se sair bem comercialmente.

Fonte: Push Square.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar