Home » Ciência » Espaço » Aonde nenhuma barata jamais esteve

Aonde nenhuma barata jamais esteve

Insetos no espaço não são uma boa, como aprendemos em Starship Troopers. A NASA também sabe disso, e um dos momentos mais constrangedores do programa espacial aconteceu quando houve a forte suspeita de que a Apollo 12 subiu com um passageiro clandestino de 6 patas.

2 anos atrás

tankerbuggos

A NASA tem preocupações e paranóias para todos os lados, mas nenhuma delas chega perto da obsessão por limpeza nas naves. Por isso foi um desespero quando durante a preparação da Apollo XII para o segundo pouso na Lua, um técnico viu uma BARATA dentro do Módulo de Comando.

O assunto foi tratado como ultra-secreto, enquanto hordas inspecionavam a nave, armadilhas com comida eram deixadas no interior do módulo para tentar capturar a barata, mas nada deu certo.

O consenso era que ou o bicho fugiu, ou o técnico se enganou, mas internamente todo mundo tinha pesadelos com uma barata flutuando enquanto um astronauta aparecia em uma transmissão para o mundo todo.

Foi quase isso que aconteceu.

Na viagem de volta, durante uma coletiva de imprensa o palhaço do Pete Conrad puxou um pedaço de papel com uma barata colada e apresentou dizendo que tinham achado a bichinha no armário de comida, para desespero de todo mundo na NASA.

pete

Depois que a nave pousou os técnicos correram pra examinar o passageiro clandestino. Só então descobriram que era uma barata de plástico, escamoteada por Pete Conrad para pregar uma peça na NASA.

Quanto à barata de verdade, nunca descobriram o que aconteceu com ela. Alguns (ok, só eu) dizem que ela ficou na Lua, e alterada pela radiação será a barata que deu origem a Klendatu.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários