Nik Collection é comprada pelo DxOMark

Poucas notícias me causaram tanta alegria neste mês quanto essa. Sim, tivemos muitos lançamentos de peso no mundo da fotografia e da edição de imagem, mas saber que a Nik Collection foi comprada pelo DxOMark e que a empresa garantiu que vai voltar ao desenvolvimento e aprimoramento dos programas é como saber que um velho amigo foi  resgatado de um destino horrível. A primeira vez que vi o que os softwares podiam fazer foi durante o Wedding Brasil de 2012. O evento teve a suite de aplicativos como um dos patrocinadores e um dos palestrantes internacionais mostrou para os presentes o poder de cada ferramenta para a fotografia de casamento.

Na realidade, se você tem domínio absoluto do Phototshop e do Lightroom, então aplicar os efeitos é fácil. O que o Nik Collection faz é rodar dentro dos aplicativos da Adobe e aplicar os mais variados efeitos de forma automática em sua foto. Por exemplo, eu atualmente tenho um projeto de fotografia com mulheres que são atletas. Mulheres que realmente levam a atividade de forma profissional. O formato de finalização de cada imagem é através de um efeito do Nik Collection (o Dark Contrast). Ele é o responsável por deixar a foto deste jeito:

A Nik Software foi uma empresa independente até 2012. Nessa época o Nik Collection era vendido por US$ 500,00. Nesse mesmo ano o Google comprou a empresa e já em 2013 baixou o valor do pacote para US$ 150,00. Em 2016 a empresa liberou a coleção para download gratuito. Em maio de 2017 o Google anunciou que estava abandonando o desenvolvimento do Nik Collection e que não existiria mais nenhuma atualização. Agora, para felicidade geral da nação, o DxOMark anunciou que comprou os aplicativos e vai continuar o desenvolvimento dos mesmos.

O DxOMark é uma empresa francesa que trabalha com o desenvolvimento de softwares de edição e mantem o site de classificações de câmeras e lentes. O atual pacote Nik Collection ainda está disponível para download gratuito. O DxOMark garante que vai trabalhar em uma nova versão do pacote para ser lançado em 2018, mas ninguém ainda sabe se vai continuar gratuito ou passarão a cobrar por ele novamente. Porém, uma certeza é que alguns recursos da coleção possam ser adicionadas aos softwares já produzidos pela empresa. Um exemplo disso é que o software de conversão RAW do DxO, que se chamava OpticsPro, passou por uma atualização e agora se chama DxO Photolab. Essa nova atualização já conta com a tecnologia U Point da Nik Collection.

De qualquer maneira, é muito legal ver uma ideia interessante ter continuidade.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar