BBC está produzindo programas interativos de rádio para Google Home e Amazon Echo

queen-radio-ga-ga

Não, o rádio não vai morrer. A experiência de ouvir música através da frequência modulada, esta sim está com os dias contados, visto que serviços de streaming se tornam cada vez mais viáveis e qualquer um pode atochar seu smartphone com músicas baixadas diretamente da Locadora do Paulo Coelho; já a experiência AM, de programas com locução e conteúdo de qualidade e que migrou para o FM não vai sumir tão cedo.

Vide o Pânico, que embora esteja hoje na TV ainda é um fenômeno de audiência em seu formato original, como programa de rádio. O Mução e suas pegadinhas, que viraram podcast? Mesma coisa, o show permanece sendo retransmitido para inúmeras emissoras afiliadas em todo o país.

O rádio é uma mídia antiga mas extremamente flexível. Não é preciso mais do que uma pedra e um fio de cobre para captar transmissões em AM e no lado das emissoras, o diferencial permanece o mesmo que a TV: quem produz atrações de qualidade permanecerá vivo e com dinheiro no caixa, já os jabazeiros de plantão estão destinados a desaparecer da face da Terra. A BBC sabe disso, sempre haverá público independente de qual dispositivo você utiliza para ouvir seus programas, de um radinho de pilha a smartphones.

E os alto-falantes inteligentes como Google Home, Amazon Echo e cia. limitada também podem ser rádios modernos, bastando apenas uma adequação dos produtos para manter os usuários interessados.

amazon-echo-google-home

A rede britânica está desenvolvendo um programa para os assistentes do Google e Amazon chamado The Inspection Chamber, que nada mais é do que um audio drama interativo (algo como os livros-jogos clássicos de Steve Jackson ou podcasts semellhantes) que narrará uma história e o ouvinte terá que escolher os caminhos que ela seguirá, através dos comandos de voz dos alto-falantes espertos. O projeto é uma parceria da BBC com a companhia de áudio Rosina Sound, e buscou inspiração em games recentes como Papa Sangre e The Stanley Parable.

A BBC informa inclusive que está desenvolvendo uma “engine de história” de modo a permitir que The Inspection Chamber chegue simultaneamente ao Google Home e Amazon Echo no fim do ano, ao mesmo tempo que está de olho no Apple HomePod e nos alto-falantes compatíveis com Cortana; assim, quando esses produtos chegarem ao mercado já serão plenamente compatíveis com sua atração.

Só resta à BBC conferir a receptividade de seus usuários, se estarão dispostos a apreciar um programa de rádio nos moldes de 70-80 anos atrás, com todo mundo em volta do seu alto-falante esperto ouvindo a narrativa e decidindo os rumos da história.

Fonte: BBC.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar