Aceitamos Bitcoins

Semana passada foi a Semana do Bitcoin?

Parece que a famosa criptomoeda caiu no ouvido do povo, de novo.

Na empresa onde trabalho, conversei com um dos vice presidentes que investe em bitcoin, embora um outro diretor ouvindo ao lado estivesse perdido no assunto. Uma conhecida economista ficou interessada no e-book Bitcoin – a moeda na era digital de Fernando Ulrich e um motorista particular por aplicativo acabou me perguntando onde comprar Bitcoins. Até mesmo o Nerdologia lançou vídeo a respeito.

Mesmo assim, ainda tem muita gente perdida sobre o que é esse tal de Rock and Roll Bitcoin.

Bitcoin é uma moeda, tal como o Euro, o Real e o Dólar, só que digital, virtual e, por questões de segurança, criptografada. Até aí, tudo bem.

Para muitos, a confusão começa quando chegamos na parte divertida: o Bitcoin não é emitido por nenhum país, não fica no seu banco e também é um meio de pagamento.

Praticamente um sistema financeiro independente, em que todas as transações ficam historicamente registradas com todos os usuários do sistema, no livro contábil virtual chamado de Blockchain.

two-bitcoins-634x362

E por que usar Bitcoins se já uso outras moedas?

Por não possuir intermediários, as transações são significativamente mais baratas. Você já viu quanto é a taxa do DOC no seu banco?

Quem já recebeu dinheiro do exterior ou enviou, sabe quanto tempo leva para a burocracia liberar o dinheiro e quão caras são as taxas que são cobradas.

Pequenas empresas já começam, inclusive no Brasil, a aceitar como uma opção de pagamento para sair do alto custo de se manter uma máquina de cartão de crédito.

Imagine, então, quem mora na Argentina ou na Venezuela, onde a saída de dólares, por exemplo, é controlada e limitada… Bitcoins ajudam nessa hora, pena que não existiam quando um certo governo confiscou as poupanças dos brasileiros numas décadas atrás.

Claro que, por ser uma ideia nova, ainda se especula muito quanto a seu valor, se é somente mais um investimento que entrou na moda ou se irá sobreviver como moeda.

Eu, particularmente, estou fascinada pela ideia e aceito Bitcoins na conta-carteira 1GabiEuPXTkAgyPEqkPFvJc9UJqWSFJ3Yc

No próximo post, contarei como ter Bitcoins, onde guardar e que cuidados tomar.


Leia também:

Relacionados: , , ,

Autor: Gabriela Bia

Viajante apaixonada, Tenista frustrada, Controller de Crédito, Astrônoma Amadora e Cozinheira nas horas vagas.

Compartilhar