Shinji Mikami sai em defesa da distribuição digital

game-collection

Se há uns 10 anos alguém me dissesse que chegaria o dia em que eu perderia o gosto por cópias físicas de jogos, provavelmente diria a esta pessoa que ela estava ficando maluca. Porém, a verdade é que hoje raramente compro um jogo em caixinha e talvez eu pudesse escrever uma extensa lista com os motivos que me fizeram mudar de opinião.

Aliás, investir no aumento da sua coleção de jogos físicos é algo que muitos abandonaram e uma figura importante da indústria que tem comemorado a distribuição digital é Shinji Mikami, criador da série Resident Evil e que atualmente comanda a Tango Gameworks.

Saúdo o novo mundo do Steam e das vendas digitais. Eu costumava colocar todos os meus jogos em suas caixas físicas na minha estante para olhar para eles. Agora tenho uma coleção digital e isso é melhor para o povo japonês, porque nossas casas são tão pequenas.

Tenho que admitir que nunca tinha pensado por este lado. Hoje moro numa casa relativamente grande e mesmo não tendo uma coleção imensa, precisei fazer uma prateleira bem larga para colocar todos os meus jogos. Fico pensando então como faria caso precisasse mudar para um lugar menor e por isso me solidarizo com os japoneses.

Outro ponto implícito no comentário de Mikami e que considero merecer nossa atenção é o fato da distribuição digital ter facilitado muito a vinda de jogos japoneses para o ocidente ou mesmo para os computadores. Se não fosse por ela, hoje talvez não tivéssemos tantos JRPGs no PC, muito menos diversas franquias que por muito tempo foram apontadas como impossíveis de fazer sucesso fora dos consoles.

Por falar nisso, o game designer ainda afirmou que adoraria poder trazer para os computadores adaptações de alguns de seus jogos mais antigos, como por exemplo o God Hand, mas que isso infelizmente depende da Sony e da Capcom.

Mas e para você? Comprar jogos fisicamente ainda é uma prática comum ou a distribuição digital já se tornou a maneira principal de adquirir games?

Fonte: PCGamer.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar