Home » Games » Cultura Gamer » Bethesda abandona Season Pass e DLCs do DOOM passam a ser gratuitos

Bethesda abandona Season Pass e DLCs do DOOM passam a ser gratuitos

Todos os DLCs do DOOM passam a ser gratuitos e jogo da id Software ainda recebe diversas alterações no seu modo multiplayer. Bônus: conheça a história por trás da criação da capa do primeiro jogo da franquia e saiba quem serviu de modelo para a ilustração.

3 anos atrás

Esta semana a Bethesda anunciou que o DOOM receberia uma atualização e quem deve ter ficado muito feliz com ela são aqueles que se dedicam a jogar o multiplayer do FPS. Com o sugestivo nome de 6.66, com ela o jogo ganharia diversas modificações importantes, a começar pelo fim do Season Pass.

Com isso, a partir de agora os três DLCs lançados anteriormente para o DOOM passam a ser gratuitos para todos, o que significa que qualquer pessoa terá acesso aos nove mapas que eles trouxeram, assim como as três armas adicionais e três novos demônios. Quem investiu na compra de tais pacotes provavelmente ficará um pouco irritado com a novidade, mas para todo o resto, sem dúvida é um belo presente.

Outra alteração importante no jogo diz respeito a maneira como os jogadores progredirão no multiplayer. Se antes as armas, equipamentos e demônios eram desbloqueados aleatoriamente, agora tudo funcionará através de um sistema de níveis e desafios. Por exemplo, se você quer um capacete específico, basta focar num estilo de jogo e nos desafios relacionados a ele, método que o pessoal da id Software considera mais justo.

O estúdio também mudou a maneira como as runas funcionam no multiplayer, sendo que agora elas passam a ser habilidades persistentes e sem expirar. Até mesmo na interface e nos menus eles fizeram melhorias, dando claros indicativos de que estão dedicados a tornar o mata-mata online deste novo DOOM uma porção bem mais atraente.

Por fim, o jogo passará por um final de semana gratuito que já teve início tanto no PC quanto no Xbox One. Já para quem joga no PlayStation 4 o evento acontecerá na semana que vem, a partir do dia 27 e aqueles que optarem por adquirir o título poderão fazer isso gastando apenas a metade do preço cobrado normalmente, fazendo com que ele saia por apenas R$ 35 (ou US$ 14,99).

E já que estamos falando de DOOM… A menos que você tenha se escondido numa caverna pelas últimas décadas, é praticamente certo que já viu essa imagem acima. Ela é uma parte da ilustração presente na capa do jogo que deu início à franquia e durante muitos anos os fãs se perguntaram quem era o famoso Doomguy, ou, quem serviu como modelo para a arte.

Pois o cocriador do FPS, John Romero, resolveu acabar com o mistério e fez isso num post em seu blog. Por lá ele contou que na época a id Software contratou um fisiculturista para a tarefa e após uma longa e cansativa sessão de fotos sem que conseguissem chegar ao resultado esperado, o próprio game designer tomou uma atitude.

“Frustrado, arranquei minha camiseta e lhe disse para me dar a arma [de brinquedo] e descer para o chão — segure meu braço como se fosse um dos demônios!”, disse Romero ao modelo, continuando a história. “Apontei a arma em uma direção um pouco diferente e disse a Don [Punchatz, o ilustrador], ‘é disso que estou falando!’

 

Don tirou várias fotos. Movi a arma um pouco, o demônio segurou minha perna, o outro braço, etc. No fim todos decidimos que a pose segurando o braço era a melhor. E essa é a história de como a composição da capa foi criada.

 

EU SOU O DOOMGUY (ao menos na capa).

relacionados


Comentários