Home » Fotografia » Lightroom é lento — Adobe admite o que todos já sabiam

Lightroom é lento — Adobe admite o que todos já sabiam

E a Adobe decidiu admitir o que todo fotógrafo profissional já sabia: o Lightroom é um programa muito lento. Só que agora tem promessa de que o problema será resolvido.

2 anos atrás

lightroom_desempenho

Eu utilizo o Adobe Lightroom desde a primeira versão do programa. Como estava acostumado com o Photoshop a migração foi um pouco traumática, mas logo percebi que tudo seria melhor. Além de editar, o software também organizava as milhares de fotos que possuo em uma biblioteca bem simples de entender. O processo de “revelação” de minhas fotos ficou mais ágil e a economia de tempo é uma grande preocupação do fotógrafo profissional na Era Digital.

O programa foi evoluindo, ganhando outros recursos, aprimorando recursos que já existiam, e tudo foi ficando mais completo. Hoje é o Photoshop está quase esquecido aqui em minha máquina. Utilizo apenas quando é necessário uma cirurgia plástica na fotografia. Com a versão 6 do programa tivemos a novidade de que o Lightroom conseguiria utilizar o poder da placa de vídeo do computador para acelerar o processo. Porém, muita gente notou que a nova versão do programa está muito lenta. Sim, quase se arrastando, mesmo utilizando a placa de vídeo. Em algumas tarefas ele simplesmente utiliza quase 100% do poder de processamento e memória. E isso mesmo em computadores parrudos. Ou seja, um programa guloso.

Agora, depois de muita gente reclamando, a Adobe soltou um comunicado em seu blog oficial, onde o Gerente de Produto da Adobe Photo Tom Hogarty admite que a empresa não desconhece o problema de velocidade do Lightroom e que é uma prioridade resolver esse problema. Segundo ele:

Gostaria de abordar as preocupações recentemente expressadas pela nossa comunidade de clientes em torno do desempenho do Lightroom, uma vez que melhorar o desempenho é a nossa principal prioridade atual

Temos uma história, começando com nossa primeira versão beta pública, de trabalhar com nossos clientes para atender às necessidades de fluxo de trabalho e recursos, e gostaríamos de seguir essa mesma abordagem em relação às suas preocupações de desempenho. Nós já entendemos muitos dos pontos de dor atuais em torno da GPU, desempenho de importação, certas tarefas de edição e revisão de fluxos de trabalho e estamos investindo pesadamente na melhoria dessas áreas.”

Para melhorar a comunicação entre a Adobe e os usuários do Lightroom eles estão encorajando aos seus clientes a responder uma pesquisa sobre os problemas de desempenho do programa. Você pode acessar a pesquisa e citar os seus problemas específicos de desempenho em relação ao Lightroom.

Para que um problema em um produto comercial seja resolvido o primeiro passo é que a empresa admita isso (estou olhando para você Nikon). Agora é esperar que tudo isso resulte em um programa mais rápido sem perder todo o seu poder de edição.

relacionados


Comentários